novembro 26, 2008

Garoto encontrado morto em Tejupa não foi assassinado

Por Renato Fernandes

A Polícia Civil de Sarutaiá concluiu o inquérito sobre a morte do garoto Elielson Santana Barrado, 4 anos, chegando à conclusão de que o menino faleceu por motivo indeterminado, com possibilidade de falecimento por frio.

Em seis meses de investigação 22 pessoas foram ouvidas e várias escutas telefônicas estabelecidas. Os dados serviram de base para o inquérito.

História - Na manhã de sábado (17 de maio), Geraldo Macedo,funcionário de uma fazenda da região de Tejupá, encontrou o corpo de Elielson Santana Barrado, 4 anos, que estava desapareceu no dia 1º de maio.

Macedo cuidava do gado quando percebeu urubus sobre a cerca, ao se aproximar identificou uma jaqueta e um corpo no meio do pasto. Assustado o funcionário acionou a Polícia Militar de Sarutaiá. O corpo estava a dois quilômetros e meio do ponto de onde o garoto desapareceu.

Segundo informações da Polícia Técnica o corpo estava em estado de decomposição compatível com a data do desaparecimento.

Mais de 150 homens, entre policiais, voluntários e bombeiros vistoriaram os 36 alqueires de terra da propriedade, checando cada um dos 40 mil pés de café minuciosamente.

Aquela havia sido a primeira vez que o garoto acompanhou sua mãe, Celina Correia Santana, ao trabalho.

Até encontrar o corpo a polícia trabalhava com várias hipóteses, como: rapto, ataque de animal feroz ou simplesmente o fato do garoto ter se perdido.