novembro 26, 2008

Mulheres vão às ruas pelo Dia de Luta Mundial pela Não Violência

Mulheres de Botucatu foram às ruas nesta terça-feira, dia 25, para marcar o Dia de Luta Mundial pela Não Violência contra as Mulheres. A data foi lembrada com panfletagem em todas as Unidades de Saúde, CRAS, Rua Amando de Barros, ABEM, postos de gasolina, Praça da Catedral, Fatec, SENAC, em frente ao prédio da Prefeitura, Conjunto Habitacional Humberto Popolo, Rua Major Matheus e também nas portas de escolas.

O dia 25 de novembro faz parte da campanha 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres no mundo todo. Quatro datas representam essa luta no período de realização da Campanha de 25 de novembro a 10 de dezembro.

O objetivo da Campanha é estimular a implementação efetiva, em todo o país, dos mecanismos previstos pela Lei nº 11.340/2006 – Lei Maria da Penha – a fim de coibir a violência doméstica e familiar contra as mulheres, especialmente, no que trata da proteção e qualidade dos serviços oferecidos às mulheres vitimadas. A edição deste ano traz como tema a atitude, ou seja, o comprometimento com as ações que cada cidadã ou cidadão pode tomar para evitar ou coibir este tipo de violência.

No Brasil, mais uma data é destacada pela discriminação sofrida pelas mulheres negras, dia 20 de novembro - Dia Nacional da Consciência Negra. As outras datas além de 20 e 25 de novembro são 1º de dezembro, Dia Mundial de Combate à AIDS, 06 de dezembro, Massacre de Mulheres de Montreal [Canadá] e 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Em Botucatu, o ato foi promovido pelas Promotoras Legais Populares e Prefeitura de Botucatu, através das Secretarias de Assistência Social, Saúde e de Segurança.