dezembro 05, 2008

Vídeo produção é tema de curso

Por Renato Fernandes

Entre os dias 08 e 19 de dezembro, das 19h30 as 22h30, o Centro Cultural de Botucatu (CCB), em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo e Lazer, vai promover oficinas de produção audiovisual, ministradas pelo cineasta Renato Arena Scorsato. As aulas acontecerão na sede do CCB (Praça XV de Novembro, 30 - Centro).

Durante as oficinas serão abordadas as seguintes disciplinas: roteiro, linguagem cinematográfica, fotografia e produção. “No encerramento do curso serão entregues certificados de conclusão aos participantes”, explica o cineasta.

A secretária municipal de Turismo e Lazer, Lúcia Peduti, explica que a intenção é desenvolver a manifestação popular no que diz respeito à produção de vídeos caseiros, possibilitando o aprendizado técnico relativo à sétima arte. “O nosso foco é voltar o olhar dos participantes aos atrativos turísticos da cidade, apresentando técnicas que possam alavancar talentos."Muitas pessoas têm se dedicado à produção de vídeos e decidimos apresentar à esses interessados uma capacitação adequada”, disse.

Para João Carlos Figueiroa, presidente do CCB, essa é uma das formas de despertar uma das vocações latentes da cidade. “Botucatu é um importante pólo de distribuição cinematográfica, essa é um característica histórica. O que está faltando é nos destacarmos, também, como um centro de produção cinematográfica. Isso não é algo espontâneo, temos que dar o começo”, argumenta.

Os avanços tecnológicos vâm popularizando os vídeos amadores e aproximando os recursos técnicos da população em geral. “A possibilidade de postar os vídeos na internet e a facilidade que estão sendo apresentadas, com equipamentos cada vez mais compactos tem tornado, esse tipo trabalho bastante atraente. O que falta é o desenvolvimento do olhar artístico. O que queremos é que esse curso atenda qualquer pessoa com a meta única da capacitação”, defende Lúcia Peduti.

A aceitação da população já está se espelhando no número de inscrições. “Abrimos as matrículas na semana passada e já temos praticamente metade da turma fechada (16 pessoas). Esse é o primeiro passo para a cidade se tornar um núcleo de produção”, ressalta Figueiroa.

O cineasta - Em outubro deste ano, José Arena Scorsato venceu o Festival do Minuto do bimestre setembro/outubro, na categoria Melhor Minuto, que teve como Tema “Dinheiro”, com o vídeo “Mãonólogo”.

Esse foi o segundo Festival do Minuto que o cineasta venceu. No bimestre anterior, participando da produção do vídeo “Melodraminha” assinado por Marcelo Dorsa, ele também chegou em primeiro lugar.

Durante este ano, o cineasta também conquistou o segundo lugar no Festival de Cinema promovido pela Unespar (Universidade Estadual do Paraná), recebendo em junho o troféu Pinhão de Prata, pelo vídeo-documentário de 20 minutos, “Santuccilândia”.
Em abril, ele também exibiu o documentário “Estação Fantasma”, no Centro Cultural de Botucatu, documentário que mostra o abandono da estação da extinta Fepasa, sob a ótica do ferroviário aposentado José Góes.

Informações pelo telefone: (14) 3815 - 0989.