janeiro 27, 2009

Crack na vagina provoca morte por overdose

Na manhã de domingo, dia 25, Suzana da Silva Oliveira, 23 anos, morreu vítima de overdose, no Hospital das Clínicas de Botucatu, interior de São Paulo. Suzana era de Franco de Rocha e passou mal dentro de um ônibus, que passaria por várias penitenciárias do interior de São Paulo.

Informações da polícia dão conta que ela carregava 165 gramas de crack na vagina. A suspeita é de que o látex onde estava armazenada a droga tenha estourado. A jovem deu entrada no hospital com o quadro de parada cardiorespiratória.

O socorro aconteceu através da ajuda de oficiais da SP Vias, no posto da Rodovia Presidente Castello Branco. O laudo de confirmação da causa da morte deve sair em 30 dias.

Com informações do jornal Diário da Serra