janeiro 27, 2009

Museu das Telecomunicações lança site infantil para comemorar aniversário

Do primeiro telefone usado no país aos cabos de fibra ótica. Uma viagem interativa no tempo pela história das telecomunicações comemora seu segundo ano de vida em duas cidades do Brasil: Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Inaugurado no início de 2007, o Museu das Telecomunicações, projeto do Oi Futuro, vem atraindo milhares de visitantes interessados em conhecer um conceito inovador de exposição museográfica: o do hipertexto. A comemoração será marcada por uma série de eventos gratuitos programados nas duas cidades no dia 29 de janeiro, quinta-feira, das 11h às 17h. A entrada é franca e haverá distribuição de balões e pipoca.

Para completar a festa, no dia 29 será lançado o portal “Oi Turma”, dentro do site do Museu das Telecomunicações. No Oi Turma, criado e desenvolvido pelo cartunista Ota em parceria com o Oi Futuro, a garotada poderá se divertir e conhecer a história das telecomunicações, viajar numa “Torre de Babel”, através dos trajes e as bandeiras dos países, saber das inovações tecnológicas, baixar emoticons e muito mais.

O público que estiver no Oi Futuro poderá acessar o portal nos computadores do espaço cultural. Para participar dessa aventura na comunicação, basta acessar, a partir do dia 29: www.oifuturo.org.br/museu

Inaugurado em 2007, o Museu das Telecomunicações apresentou pela primeira vez ao público do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte o conceito do hipertexto, que mostra camadas de informações superpostas em vídeos que se abrem em janelas de imagens e fotografias.

Em 2008, o espaço carioca recebeu cerca de 30 mil visitantes, quase a metade formada por alunos de escolas públicas e particulares que participaram de visitas guiadas do projeto educativo.

Durante todo o dia 29, o programa educativo do Museu das Telecomunicações oferecerá ao público uma série de jogos, dinâmicas e oficinas voltadas especialmente para as crianças e para grupos familiares que visitarem o museu como o tema “Internet”.

Os visitantes poderão participar gratuitamente de visitas orientadas, oficinas e jogos interpretativos e interativos, preparados para provocar no público a experiência de ser o autor da obra/rede de conhecimento. Uma aventura cheia de descobertas


Programação

Jogos Interpretativos – das 11h às 17h

Visitas Orientadas – meio-dia e 15h - distribuição de senhas na recepção do Oi Futuro
Oficinas de desenho e colagem – às 14h e 16h
A garotada poderá brincar com ciberespaço, interfaces das navegações no mundo virtual, o hipertexto, a rede de conhecimentos e informações etc.

Rede Coletiva – 17h
Criação de uma rede, com cordas, linhas, lã e fios coloridos.

SOBRE O MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES

Reunindo o acervo do Museu do Telephone, o Museu das Telecomunicações tem a curadoria de Maria Arlete Gonçalves. “Dentro do conceito contemporâneo de ‘tudo ao mesmo tempo e agora’, cada um pode fazer a sua própria viagem e visitar o museu na ordem que quiser. É um passeio que pode durar 30 minutos ou cinco horas, dependendo da forma de interatividade que o visitante estabelece. A idéia é que as pessoas voltem e visitem novamente o museu para ver o que não foi possível antes ”, explica Maria Arlete Gonçalves, diretora de Cultura do Oi Futuro.

No total, o museu apresenta cinco horas de vídeos e diversas seções e nichos, como a Linha do Tempo, os Profetas do Futuro e as Vozes da História. Neste último, podem ser ouvidas gravações originais das vozes de Clarice Lispector, Garrincha, Albert Einstein e Sigmund Freud, entre outros. Já o nicho Profetas do Futuro reproduz o pensamento vanguardista de 14 grandes mentes que já passaram pela civilização ou que ainda estão vivos, passando sua visão futurista do mundo. Entre eles, Platão, Fernando Pessoa, Goethe e Oscar Niemeyer. Os já falecidos são caracterizados por atores como Rodrigo Santoro, que interpreta Buda. Outro destaque é a Linha do Tempo, que apresenta fatos de destaque no Brasil e no mundo desde a pré-história até os dias de hoje.

A viagem lúdica no Museu das Telecomunicações começa logo no portal de entrada, quando o visitante recebe o pick-up que lhe permite interagir com as instalações e acionar vídeos, com textos narrados por atores, entre os quais Miguel Falabella, Marisa Orth, Zezé Polessa e Renata Sorrah. Listas telefônicas digitalizadas e um programa Google Earth revelam o endereço de cariocas ilustres como Rui Barbosa e Tom Jobim. Em Minas, o mesmo sistema mostra onde viveram ilustres mineiros, como JK, Carlos Drummond de Andrade, Pedro Nava e Telê Santana.

Serviço

Rio de Janeiro - Museu das Telecomunicações
Oi Futuro
Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo. Tel.: 3131-3060
Horário de visitação: De terça a domingo, das 11h às 17h
Classificação etária: livre
Entrada franca

Minas Gerais - Museu das Telecomunicações
Oi Futuro
Av. Afonso Pena, 4001- térreo. Mangabeiras. Tel.: 31-3229-3131
Horário de visitação: De terça a domingo, das 11h às 17h
Classificação etária: livre
Entrada franca