fevereiro 26, 2009

DEsfile teve atraso de uma hora na Major Matheus

Por Renato Fernandes

A primeira noite de desfile de blocos, realizada no sábado (21), foi marcada por um atraso inicial de aproximadamente uma hora. O primeiro bloco, que deveria sair por volta das 20 horas, só desfilou após às 21 horas. A reação desse atraso foi percebida também no final do desfile, gerando desfalque de público para os blocos que desceram após o “Fiel Botucatu”, por volta das 23h30.

O Bloco Timelo, que seria o último a desfilar na Major Matheus, acabou abandonando o desfile para poder abrir o “Espaço Timelo” (antiga Dantte) aos foliões. O bloco estava marcado para desfilar na Vila dos Lavradores por volta das 22h30, no entanto o seu horário de desfile acabou indo para depois da meia noite, O atraso não se repetiu na Amando de Barros.

Para o vice-prefeito, professor Caldas, o carnaval foi uma excelente festa, apesar do atraso. “Tivemos bastante público e São Pedro colaborou para o sucesso. Talvez um pouco mais de organização e pontualidade, pensando nas crianças seria o ideal, porém, houve um período muito curto para a organização do evento”, disse.

Priscila Ribas, subsecretária Municipal de Turismo, explica que pretende trabalhar a ideia do carnaval junto aos blocos, e comunidade em geral durante todo o ano. “Tem muita coisa para se fazer nos próximo anos. Após o carnaval vamos iniciar uma série de reuniões para se pensar o carnaval durante todo o ano”, disse.

Para o prefeito João Cury, o carnaval de Botucatu manteve os padrões de qualidade de anos anteriores, entretanto ele ainda pode melhorar bastante. “Meu sonho é retornar o carnaval com escolas de samba e vamos trabalhar nesse sentido. A ideia é criar comissões que trabalhem nessa organização o ano todo”, explica Cury.

]Ribas acrescenta que a possibilidade apontada pelo prefeito pode se concretizar. “O importante é termos em mente que os blocos ou escolas não podem depender de repasses públicos, é necessário trabalhar para desenvolver o seu desfile”, disse.

Para garantir um próximo carnaval com pontualidade e que satisfaça os anseios da população uma equipe da subsecretaria de Turismo percorreu os dois pontos de desfiles (ruas Major Matheus e Amando de Barros), desenvolvendo uma pesquisa junto ao público onde se questionavam vários pontos, entre eles: com quem foi ao desfile; qual o meio de transporte utilizado, hospedagem, o que achou do show no Paratodos e dos desfiles de blocos; se gostaria de ver o retorno das escolas de samba, o que gostaria de encontrar no evento, como ficou sabendo da folia, dentre outros.