fevereiro 19, 2009

Embraer demitirá quatro mil funcionários

Da Agência Brasil

A Embraer, fabricante de aviões, informou hoje (19) que vai reduzir em 20% o quadro de 21.362 funcionários. Segundo o comunicado da empresa, a crise internacional tornou "inevitável efetivar uma revisão de sua base de custos e de seu efetivo de pessoal, adequando-os à nova realidade de demanda por aeronaves comerciais e executivas".
Cerca de 90% das receitas são oriundas de exportações, que vêm sendo afetadas pela crise internacional. "A Embraer expressa seu profundo respeito às pessoas que ora deixam suas posições na Empresa. Respeito pelo trabalho que desenvolveram, pelo tempo de convívio profissional e pessoal, pelo momento difícil que atravessam", diz o comunicado.

Hoje, o presidente da Embraer, Frederico Fleury Curado, teve um encontro com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge.