fevereiro 06, 2009

FMB/Unesp prepara farta programação para receber calouros de Medicina e Enfermagem

A partir do dia 2 de março, a Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) terá suas instalações prontas para acolher e integrar os novos alunos dos cursos de Medicina e Enfermagem que chegam à cidade para iniciar sua graduação. Uma extensa programação, que contará com atividades durante três dias, foi elaborada pela Comissão de Recepção dos Calouros, que tem à frente a professora Regina Popim.

Os estudantes de Medicina e Enfermagem participarão de alguns eventos separadamente e em outros estarão juntos, mas um grande encontro está programado para acontecer no final da tarde do dia 4 de março, no Teatro Municipal Camilo Fernandez Dinucci. Além dos graduandos da FMB, deverão reunir-se os alunos dos cursos oferecidos pelo Instituto de Biociências (IB), Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) e Faculdade de Medicina Veterinária (FMVZ), todos do campus de Botucatu. São esperados mais de 670 universitários.

Neste dia, haverá apresentação da Orquestra Sinfônica de Botucatu e do Coral do Núcleo Assistencial Joanna de Angelis. Está confirmada, ainda, a presença do prefeito de Botucatu, João Cury (PSDB), que falará aos estudantes.

Trote – Embora o trote esteja expressamente proibido no campus de Botucatu, a Comissão de Recepção dos Calouros também preparou um esquema para evitar a ocorrência deste tipo de recepção violenta. Um disque-denúncia estará à disposição dos calouros, pais destes novos alunos ou de qualquer pessoa que entenda ter presenciado algum caso abusivo de trote. Através do número (14) 3815-9000, que receberá ligações 24 horas por dia, o denunciante poderá fazer contato com a equipe de vigilância do campus da Unesp em Rubião Júnior.

“O vigilante terá autonomia para ir até onde, por ventura, o problema estiver ocorrendo e coibir o trote ou de avisar o diretor da unidade responsável pelos alunos envolvidos, caso a denúncia seja de algo que já ocorreu. Caso o trote ocorra fora do campus, o telefone também pode ser um canal, mas, neste caso, o vigilante vai acionar a Polícia Militar”, explica professora Regina Popim, presidente da Comissão de Recepção dos Calouros da FMB. “Mas tem sido criada uma cultura do não-trote violento. O número de boletins de ocorrência tem diminuído nos últimos três anos”, completa ela.

Prevenção – Com o objetivo de conscientizar os veteranos sobre os problemas que eles podem enfrentar com um possível trote violento, a Comissão de Recepção dos Calouros percorrerá todas as salas de aula para divulgar a resolução e a portaria que proíbem submeter os calouros a situações constrangedoras. “Dependendo da gravidade do trote, caso haja denúncia, os responsáveis podem ser suspensos ou até expulsos da faculdade, após aberta uma sindicância”, alerta professora Regina.

Como forma de envolver os jovens recém-chegados à universidade em uma atividade saudável, será promovido, no dia 3 de março, terça-feira, o “trote cidadão”. As atividades, que consistirão em arrecadação de alimentos, material escolar e de higiene, são de responsabilidade dos Centros Acadêmicos da Medicina e da Enfermagem.


Matrículas – Durante os dias 9 e 10 de fevereiro, parte dos alunos já deverão vir ao campus da Unesp em Botucatu para fazer sua matrícula, independente do curso. E no dia 19 do mesmo mês os demais farão o mesmo. Na FMB, a confirmação do interesse pela vaga deve ser feita na Casa do Servidor (antigo Vestiário Central). Haverá um estacionamento reservado para os pais e alunos, próximo do local e todo o campus será devidamente sinalizado. As aulas começam, oficialmente, dia 5 de março.

Leandro Rocha
Assessoria de Comunicação e Imprensa (ACI) da FM e HC