fevereiro 16, 2009

Prof. Vane é entrevistado no Fantástico sobre lipoaspiração em mulher de rapper

O professor do Departamento de Anestesiologia da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), Luiz Antônio Vane, foi um dos entrevistados pelo programa Fantástico, da Rede Globo, sobre os efeitos de uma parada cardíaca em procedimentos cirúrgicos.

O programa relatou, no dia 15 de fevereiro, o caso da mulher do cantor norte-americano Usher, que realizou, há três semanas, uma lipoaspiração em uma clínica de São Paulo. A mulher de Usher estava na sala de cirurgia e tinha recebido anestesia geral. Quando a lipoaspiração já estava começando, a máquina que monitora os batimentos cardíacos, e outros sinais vitais indicou que o coração dela estava parando.

O fato fez com que o cantor cancelasse uma apresentação e voasse às pressas para a capital paulista. A mulher do cantor, que teve seu filho mais novo há dois meses, informou aos médicos que o parto havia sido realizado há quatro. Conforme a reportagem explica, a lipoaspiração não é recomendada em um período inferior a 120 dias.

Especialistas da área médica, como o chefe da UTI do Incor, José Otávio Costa Auer e o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, José Tariki, explicaram os efeitos que uma situação dessas pode provocar nos pacientes e as recomendações para a realização de um procedimento desse tipo.

“O cérebro é altamente dependente de oxigênio. Poucos minutos sem circulação e ele já entra num processo de deterioração às vezes irreversível”, diz Vane, que também é presidente da Sociedade Brasileira de Anestesiologia.

Com a constatação da parada, a equipe médica ressuscitou a paciente e após estabilizada, a mesma foi transferida para o Hospital Sírio Libanês. Devido a repercussão do caso, o Conselho Regional de Medicina abriu sindicância para apurar o fato.

A reportagem completa pode ser acessada através do link http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1003430-15605,00.html

Flávio Fogueral - Jornal da FMB