fevereiro 18, 2009

Shaman faz show em Botucatu

Por Renato Fernandes

A banda brasileira de Power Metal, Shaman, se apresenta em Botucatu no dia 8 de março, a partir das 17 horas, na casa noturna, Garage, que fica no Distrito de Rubião Júnior. O show da turnê “Immortal Tour 2009” tem a produção local assinada pela Botucatu Metal Stock, mesma que em 2008 trouxe para a cidade a banda Rockfellas, com o ex-vocalista do Iron Maiden Paul Di´Anno.

A abertura ficará por conta das conceituada Mythria e Fairy Tale.
Ingressos antecipados custam R$20 e podem ser encontrados em Botucatu na Drum Shop escola de música, Sleeper CD´s e Spunk Rock Shop. Em São Manuel a venda acontece no Auto Posto São Manuel e em Avaré na DAT Revistaria. Os produtores preparam uma promoção para beneficiar voluntários que doarem sangue ao hemocentro.

Shaman é uma banda brasileira formada em 2000 por três ex-integrantes do Angra - André Mattos, Luis Mariutti e Ricardo Confessori. Algum tempo depois, o guitarrista Hugo Mariutti se uniu ao grupo e completou a formação que durou até 2006.

Atualmente a banda está se reformulando, sob a mediação do único integrante remanescente, o baterista Ricardo Confessori.

A história da banda começa quando os músicos André Mattos (vocal e teclado, ex-Viper ), Luis Mariutti (baixo, ex-Firebox ) e Ricardo Confessori (bateria, ex-Korzus) deixaram a banda Angra. Na época de sua formação, o grupo ainda não tinha um guitarrista, sendo então Hugo Mariutti (Henceforth), irmão de Luís, chamado inicialmente apenas para auxiliar nas composições. O resultado obtido foi tão positivo e inesperado que o músico acabou sendo incorporado.

Mesclando heavy metal, música clássica e world music, a banda deu início às gravações de seu primeiro álbum, intitulado Ritual, em janeiro de 2002. O disco foi inteiramente gravado na Alemanha, com exceção de algumas participações especiais que foram registradas no Brasil e EUA. A produção ficou a cargo do produtor e multi-instrumentista Sascha Paeth (Angra, Edguy, Avantasia, Rhapsody, Virgo, Épica).

Ritual foi bem recebido no Brasil e em todo mundo, sendo lançado em mais de 15 países.