março 10, 2009

Anvisa proíbe a venda do kit ressaca

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, nesta segunda-feira (9), a suspensão, em todo o país, do kit denominado “Kit Ressaca” – embalagem promocional contendo vários medicamentos. Está proibida, também, a venda de todos os materiais promocionais em forma de kits compostos por medicamentos, relacionados ou não ao tratamento dos sintomas da ressaca.

O “Kit Ressaca” consiste em uma embalagem plástica com uma aba de papelão grampeada na qual foram incluídos duas caixas dos medicamentos Hepatox e Gastroliv, e uma caixa do medicamento Neralgyn, todos da empresa Cifarma Científica Farmacêutica Ltda. Os produtos têm registro na Anvisa e a sua utilização independente, de acordo com a prescrição médica, não representa risco para a saúde da população.

A Anvisa registra cada medicamento de forma isolada, considerando as características específicas de cada produto. A comercialização de kits promocionais de medicamentos é ilegal. A farmácia ou drogaria que utilizar deste artifício para ampliar suas vendas incorre em infração sanitária e está sujeita a penalidades e multas previstas na Lei 6437/77.