março 02, 2009

HC/Unesp de Botucatu entre os melhores do Estado de São Paulo

O Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp foi indicado entre os melhores do Estado de São Paulo, segundo pesquisa realizada pela Secretaria de Estado da Saúde, feita com usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), que apontou aqueles que se destacam no atendimento público à saúde. Os 10 primeiros colocados serão conhecidos em cerimônia de premiação, que será realizada dia 6 de março, às 19 horas, no auditório do MASP (Museu de Artes de São Paulo), na Capital. O Hospital Estadual Bauru “Arnaldo Prado Curvêllo” também está entre os indicados.

Foram enviados questionários para as casas de aproximadamente 1,5 milhão de pessoas e colhidas informações daqueles que passaram por consulta, internação, cirurgia ou exames nos hospitais públicos entre 2008 e 2009.

De acordo com ofício encaminhado pela Assessoria de Comunicação Social do governo estadual, além de confirmar informações sobre os procedimentos médicos pelos quais passaram, os usuários puderam avaliar a qualidade e agilidade do atendimento dos profissionais e da infra-estrutura oferecida.

Para o superintendente do HC/Unesp de Botucatu, professor Antonio Rugolo Júnior, essa indicação é resultado de um trabalho conjunto desenvolvido por todo o corpo clínico, docentes e médicos residentes que atuam no hospital. “Este reconhecimento faz aumentar ainda mais nossa responsabilidade de promover um atendimento público de qualidade, humanizado e que possa, cada vez mais, satisfazer as necessidades de nossa região de abrangência”, declara Rugolo.

Sobre o HC

O Hospital das Clínicas, mantido pela Faculdade de Medicina de Botucatu é a maior instituição pública vinculada ao Sistema Único de Saúde na região. Estima-se que a abrangência populacional de atendimento do HC seja de 1,5 milhão de pessoas vindas de 68 municípios.

Em constante ampliação, o hospital possui área de 70 mil m² e disponibiliza à população avançado Centro de Diagnóstico por Imagem, registros gráficos, exames de análises clínicas, aparelhos de ressonância magnética, radiologia digital, tomografia e ultrassom. Também oferece serviços de quimioterapia, hemocentro, endoscopia, partos de risco, medicina nuclear, hemodiálise e moderno centro cirúrgico. O Centro Cirúrgico conta com 16 salas e o Obstétrico com 3.

A unidade conta com 415 leitos e 52 de UTI (30 adultos, 15 neonatal e 7 pediátricos), 194 consultórios médicos e 31 salas especializadas realiza, em média, 2 milhões de exames, 600 mil consultas, 20 mil internações e 11 mil cirurgias por ano.

Em números absolutos, o hospital realizou, até dezembro de 2008, 252.192 consultas em ambulatórios, 8.008 cirurgias e 18.930 internações. Foram, no mesmo período, 110.783 consultas em seu Pronto-Socorro. Há 1.900 servidores técnico-administrativos, 340 residentes, 180 médicos, 260 docentes e 82 aprimorandos atuando nas dependências do HC.

A unidade também possui um templo para a realização de celebrações ecumênicas e uma capela, onde os fiéis católicos fazem suas preces. Ambas as estruturas ficam em um jardim, cujo acesso se dá através do corredor central do HC.