março 13, 2009

Hospital de Botucatu vai adiar cirurgias por falta de sangue

Devido à falta de sangue no estoque do Hemocentro do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) pelo menos cinco cirurgias eletivas terão que ser remarcadas. Os tipos O negativo e O positivo são os que estão em quantidade mais baixa. Mesmo assim, todos os doadores são bem-vindos.

Com a chegada do final de semana, a probabilidade de emergências que demandem sangue aumenta. Por isso, já foram solicitadas bolsas à Fundação Pró-Sangue – Hemocentro de São Paulo. “Estamos priorizando os casos de emergência, então as cirurgias eletivas (agendadas) de sexta-feira, 13 e segunda-feira, 14 terão que ser remarcadas”, afirma Dr. Luis Henrique Mihara, médico hemoterapeuta do Hemocentro do HC. “Para o final de semana temos que nos precaver, para evitar um colapso”, avisa.

O fluxo de doadores, por dia, para atender à demanda do Hospital das Clínicas, teria que ser de 60 pessoas. Entretanto, atualmente, não passa de 20. “Temos sentido uma falta de sensibilização das pessoas pela doação de sangue. Talvez por pedirmos sempre, esteja se tornando algo banal. As cartas que mandamos aos doadores, as coletas externas, a divulgação nas rádios, tudo isso parece não estar mais surtindo efeito. E nossa demanda continua crescendo”, enfatiza.

Sobre o Hemocentro
O horário de funcionamento do Hemocentro do HC é de segunda-feira à sexta-feira, das 8 às 16h30. Aos sábados, das 7 às 13 horas. A unidade fica no câmpus da Unesp, em Rubião Júnior. O telefone para mais informações é (14) 3811-6041.

Condições para doar:
- Gozar de boa saúde;
- Pesar acima de 50 quilos;
- Ter entre 18 e 60 anos;
- Ter dormido no mínimo 6 horas na noite anterior à doação;
- Não ter ingerido álcool nas últimas 24 horas;
- Não estar em jejum e ter ingerido alimentos leves e sem gordura antes da doação (ex: frutas, suco, leite desnatado, etc)