abril 29, 2009

Hemonúcleo Regional de Jaú precisa de sangue O-

O Hemonúcleo Regional de Jaú faz apelo aos doadores de sangue e plaquetas para normalizar o estoque, principalmente do tipo de sangue O-. O local recebe diariamente mais de 30 colaboradores, mas necessita de pelo menos o dobro para atender a demanda. Com a proximidade do feriado prolongado, o número de doações tende a diminuir, enquanto a distribuição e consumo aumentam.

"Precisamos muito da colaboração da população, que sempre nos ajuda. Hoje, dia 29 de abril, nosso estoque de sangue O- está muito baixo. Precisamos com urgência da reposição", diz Maicon Fernando Mussio, auxiliar administrativo do hemonúcleo.

Cerca de 50% do estoque do Hemonúcleo do Amaral Carvalho é mantido por doações internas, ou seja, de pessoas que se deslocam até o hospital para contribuir. Os outros 50%, por meio de campanhas na região.

Nove municípios da região e pacientes de onze hospitais são atendidos pelo Hemonúcleo. Mensalmente, cerca de 1.600 bolsas de sangue são doadas. O número ideal para o atendimento da região e a manutenção dos estoques é de 2 mil bolsas.

Além do O-, é necessária especialmente a reposição dos tipos de sangue com RH negativo. Nesta sexta-feira, 26, excepcionalmente, não haverá atendimento. O Hemonúcleo Regional de Jaú funciona no Hospital Amaral Carvalho, das 7h30 às 16h, de segunda à sexta. Na quarta-feira, o horário de atendimento é estendido até as 20h. Aos sábados as doações podem ser feitas das 7h30 às 11h30.

Serviço
Hemonúcleo Regional de Jaú - Hospital Amaral Carvalho
Rua Dona Silvéria, 150 - Jaú.
Tel. (14) 3602-1356