abril 23, 2009

Programa federal de habitação já cadastra mais de 1200 famílias

Botucatu foi a primeira cidade da região a firmar parceria com o programa de habitação do Governo Federal e o anúncio da adesão movimentou a cidade durante o feriado de Tiradentes.

Por volta das 14h desta terça-feira, 21, já havia cerca de 100 famílias esperando do lado de fora do Departamento de Engenharia de Tráfego para fazer o cadastro no Programa Minha Casa, Minha Vida.

Mesmo com a visita do Secretário de Habitação, Vicente Ferraudo, os moradores disseram que passariam a noite no local. O Prefeito João Cury, então, determinou que as inscrições fossem abertas ás 4h desta quarta-feira,22.

No primeiro dia de cadastro, mais de 1200 famílias foram atendidas, o que equivale a 25% do déficit habitacional do município. O tempo de espera na fila foi de cerca de 20 minutos.

O aposentado Hélio Silva viu a movimentação e resolver entrar na fila. “ Pago aluguel há mais de 40 anos, não podia perder uma oportunidade como essa, comentou ele enquanto separava os documentos.

Já a dona de casa, Maria Helena Silva, enfrentou a espera por causa da filha. “Quando moramos de aluguel não temos segurança, eles pedem a casa e a gente fica na rua”, reclamou ela.

O cadastro no DET serve apenas para famílias com renda de até 3 salários mínimos. Para os outros interessados no programa, a Prefeitura Municipal vai firmar um convênio com uma empresa da cidade para a a realização do cadastro.

O prazo para inscrição termina em 22 de maio e deve atender cerca de 5 mil botucatuenses com renda mínima. As primeiras 400 casas serão entregues no prazo de um ano.

DET
Rua Antônio Bernardo, 45, no Lavapés.
O atendimento será diário das 7h às 12h e das 13h às 17h.
Saiba como funciona o projeto no site: http://www.minhacasaminhavida.gov.br/

Da Subsecretaria de Comunicação e Informação de Botucatu