abril 23, 2009

Saúde deve vacinar mais 16 mil idosos contra a gripe

A campanha de vacinação do idoso contra a gripe começa no próximo sábado [25] e vai até o dia 8 de maio. Em Botucatu devem ser vacinados 16.804 pessoas com 60 anos ou mais. As doses serão aplicadas em todas as Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 17h.
 
Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, quem comparecer aos postos de vacinação nesse sábado [8] vai ganhar um brinde especial.
 
O objetivo é que a cobertura vacinal atinja 80% da população idosa. Em 2008, a vacinação em Botucatu, atingiu 66,5% da população alvo.
 
Em sua décima primeira edição, a Campanha Nacional de Vacinação do Idoso traz o slogan 'Deixe a gripe na saudade. Vacine-se'. Os objetivos são reduzir os casos de gripe, as complicações decorrentes dessa doença e os óbitos entre os idosos.
A gripe é considerada uma das doenças infecciosas que mais preocupam as autoridades sanitárias no Brasil e no mundo. No último século ocorreram três epidemias em escala mundial, responsáveis por mais de 50 milhões de mortes, problemas sociais e perdas econômicas. A Gripe Espanhola [1918], a Gripe Asiática [1957] e a Gripe de Hong Kong [1968]. Especialistas acreditam que uma nova pandemia poderá acontecer nos próximos anos, provocando milhões de casos da doença. A característica mutável do vírus influenza, causador da gripe, reforça esta hipótese.
 
A forma e a gravidade da gripe variam muito. Os principais sintomas são febre, calafrios e mal estar generalizado, freqüentes nos primeiros dias. A rinite e a faringite também podem ocorrer. Quando os sintomas iniciais diminuem, aparecem problemas respiratórios, como dor de garganta, tosse seca, coriza e congestão nasal.
 
Estudos nacionais e internacionais mostram que a vacina contra influenza reduz mais de 50% das doenças relacionadas à gripe nos idosos vacinados e, no mínimo, 32% das hospitalizações por pneumonias. Além disso, estudos apontam que há queda de pelos menos 31% das mortes hospitalares por pneumonia e influenza [gripe] e de 50% das mortes hospitalares relacionadas às doenças respiratórias. Quanto aos óbitos entre idosos, por diversas causas, o percentual de queda varia entre 27% e 30%.

Da subsecretaria de Comunicação e Informação de Botucatu



Powered by ScribeFire.