maio 05, 2009

Consumidores de energia de 71 cidades paulistas terão reajuste na conta de luz

Da Agência Brasil

Os consumidores de energia de 71 municípios interior de São Paulo terão aumento nas contas de luz a partir do dia 10 de maio. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (5) o reajuste nas tarifas de quatro distribuidoras do estado pertencentes ao Grupo Rede.

Para os 202 mil clientes atendidos pela Caiuá, o reajuste médio ficou em 17,55%, sendo 17,23% para os consumidores residenciais e 18,15% para as indústrias. A Caiuá atende 24 municípios paulistas.

A distribuidora Bragantina teve aprovado um aumento médio de 16,14%, sendo 15,58% para residências e 16,87% para a indústria. A empresa fornece energia para 119,5 mil clientes, em cinco cidades de São Paulo e dez municípios em Minas Gerais.

Também foi autorizado um aumento médio de 11,16% para os 153,5 mil clientes da Vale Paranapanema. Os consumidores residenciais terão um reajuste de 10,24%, e os industriais de 13,26%. A distribuidora atende 27 municípios paulistas.

Os consumidores que recebem energia da distribuidora Nacional vão ter um reajuste médio de 5,48%, sendo 4,89% para as residências e 6,82% para as indústrias. A Nacional atende 95 mil clientes em 15 municípios paulistas.

Segundo a Aneel, o principal motivo para a aprovação dos reajustes foi a alta do preço do dólar, que encareceu a energia comprada da Hidrelétrica de Itaipu. Também pesou na decisão da agência o aumento do uso da energia de usinas térmicas, que encarece o preço da energia.