maio 18, 2009

Gerações se encontram ao som da viola, no Municipal

No quinta-feira, 21, a partir das 20:30, o teatro municipal Camillo Fernadez Dinucci recebe o show “Viola Caipira: Duas Gerações - Tradições e Inovações”, com os violeiros Ricardo Vignini e o Índio Cachoeira, com entrada franca. A proposta do show, apoiado pelo programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, é reunir dois violeiros de idades e linguagens diferentes no mesmo palco.

Ricardo Vignini é violeiro, compositor, professor de música, produtor fonográfico e cultural e pesquisador de música tradicional. Apesar do gosto pela música caipira, durante toda a sua adolescência tocou guitarra, suas preferências eram pelo Rock e pelo Blues, onde conheceu Marcelo Berzotti e Alex Mathias.

Tocou com os músicos americanos Bob Brozman, e Woody Mann em suas turnês brasileiras, tocou também em duo com Christiaan Oynes e em participações com a banda Serio Duarte & Entidade Joe.

Índio Cachoeira teve seu primeiro contato com a viola, aos oito anos de idade ouvindo um velho violeiro da região. Aos 17 anos começou sua vida profissional tocando nas rádios locais já com o nome de Índio Cachoeira. Formou sua primeira dupla com Tião do Gado, hoje Carreirinho da dupla Carreiro e Carreirinho. Em 1995 tornou-se o Pajé da tradicional dupla Cacique e Pajé, onde atuou por cinco anos e gravou 5 cd's.

A apresentação é possibilitada pelo PAC (Programa de Ação Cultural), da Secretaria de Estado da Cultura.