junho 08, 2009

Livro divulga centro histórico de Botucatu

Um passeio pelo centro histórico de Botucatu pode revelar dados e curiosidades pouco divulgadas entre a população. Como o antigo Fórum, que foi projetado pelo renomado arquiteto Ramos de Azevedo, e era considerado um local assombrado pelos moradores. Ou ainda, o prédio da Escola Cardoso de Almeida, que foi um dos primeiros projetos com linhas neogóticas do País.

Estas e outras tantas histórias agora fazem parte do livro/guia “Passeios da Memória”, de autoria do Secretário Municipal, João Carlos Figueiroa. A publicação, que será lançada oficialmente neste mês, traz roteiros detalhados sobre o turismo histórico em Botucatu. “ Tentei fazer tudo de maneira bem simples e fácil, para auxiliar os guias turísticos no momento de levar os grupos”,explica Figueiroa.

Na opinião da Secretária Adjunta de Turismo, Priscila Ribas, a publicação é uma forma eficaz de promover o turismo na cidade, pois qualquer pessoa pode usar o guia, onde encontra anotações, curiosidades, fotos e histórico de cada prédio. Ela aposta também no uso da publicação nas escolas.

O livro demorou cerca de 2 anos para ser concluído e traz fotos de David José Devidé, Lidiane Godoy e José Maria Munoz Ventura, além de gravuras e documentos dos acervos de Maria Anna Moscogliato, Luiz Simonetti e João Thomaz de Almeida.