junho 10, 2009

Ouvidoria da Prefeitura de Botucatu resolveu 330 casos até final de maio

A recém-inaugurada Ouvidoria Municipal de Botucatu resolveu 330 casos entre os meses de janeiro e maio. O montante representa 48% das queixas apresentadas ao serviço. Outras 359 estão em andamento.

“Ouvidoria é a unidade mediadora entre o governo e o cidadão-usuário dos nossos serviços, a fim de aprimorar as ações e serviços da Prefeitura. Temos como dever solucionar as manifestações [reclamações, denúncias, sugestões, dúvidas e elogios] de cidadãos-usuários, a partir da apuração da procedência e da veracidade”, explica a Ouvidora Geral Isabel Cristina Rossi Conte.

Os bons números agradam a Ouvidora Geral que destaca o fato da população estar aprendendo a usar o serviço. “Somos um canal de comunicação eficaz e que viabiliza um atendimento de qualidade e possibilita o fortalecimento da cidadania, dentro de uma gestão participativa”, completa.

Apesar dos altos números, muitas chamadas são relacionadas com outros órgãos, como a CPFL e problemas com o comércio [somam 24]; sem nexo casual [27] e de expressões livres [5]. “As expressões livres são aquelas de pessoas que ligam na Ouvidoria para falar mal de alguém, fazer algum tipo de desabafo que não tem relação com os serviços da Prefeitura”, diz a ouvidora geral Isabel Cristina Rossi Conte.

Ocorrências - das 689 queixas, 261 foram feitas pessoalmente nos dois postos de atendimento [um no prédio central e outro na subprefeitura de Vitoriana]; 33 por carta; 321 por telefone; 44 por e-mail, e 30 através de encaminhamentos da Imprensa.

A separação é por tipos. As reclamações somam 350 chamadas; as solicitações 242, 54 sugestões; 25 denúncias, 13 elogios e cinco expressões livres.

Os procedimentos operacionais, como podas de árvores são os mais solicitados, somam 185 chamadas. Infra-estrutura fica com 62, legislação 18, recursos humanos 13, outros órgãos 24 e sem nexo casual 27.

Vitoriana – Entre os dados, Isabel destaca o funcionamento da Ouvidoria da subprefeitura de Vitoriana, inaugurada no dia 14 de abril. Em abril foram 19 chamadas e em maio 13.

Como funciona – a Ouvidoria Municipal de Botucatu foi inaugurada na manhã do dia 14 de abril. A sala fica no andar térreo do prédio central da Prefeitura.

O funcionamento acontece da seguinte maneira. O cidadão tem uma queixa, sugestão, reclamação, pedido de serviço ou elogio para fazer sobre serviços realizados pela prefeitura. “A pessoa faz o contato, abrimos um protocolo – uma ocorrência. Em seguida anotamos e encaminhamos ao setor responsável, com pedido de resposta em até sete dias úteis. Às vezes a demora em dar a resposta ao cidadão é em função de um setor encaminhar ao outros, já que muitos assuntos envolvem mais de uma secretaria”, finaliza.

Ouvidoria: 0800-770-1188
Na Internet: ouvidoria@botucatu.sp.gov.br

Da Subsecretaria Municipal de Comunicação e Informação