junho 22, 2009

Paraglider: campeões mundiais aprovam infra-estrutura de Botucatu

A cidade dos Bons Ares pode começar a se firmar como a cidade dos Bons Vôos e sediar campeonatos nacionais e internacionais. Os campeões mundiais Frank Brown e Marcelo Prieto, o Ceceú, que participaram da Etapa do Campeonato Paulista de Paraglider nesse último final de semana, na rampa Na Base da Nuvem, aprovaram e elogiaram a infra-estrutura que a Prefeitura Municipal proporciona à prática do esporte.

Apesar das condições de vôo não serem as ideais devido à época do ano, os pilotos aprovaram a etapa. “A estrada de acesso [vicinal Geraldo Biral] está ótima, a organização e apoio da Prefeitura deixaram o evento impecável”, disse o piloto e secretário da Associação Brasileira de Voo Livre [ABVL], Ricardo Branco, o Chapolim.

“A Prefeitura está de parabéns, a infra-estrutura é de nível internacional, é muito bom ver que a cidade investe no voo livre, um esporte que não agride a natureza e que cresce muito no Brasil”, elogiou Frank Brown. “Botucatu tem tudo para se firmar como um centro de prática e competições de voo livre, não sei se a cidade consegue sediar uma etapa internacional devido a altura da rampa, que deve ser de 300 metros e aqui é de 200, mas tudo depende dos observadores internacionais que devem vir no campeonato brasileiro”, completa.

Cecéu não economizou nos elogios. “Fomos muito bem recebidos, a cidade é limpa, bonita, bem organizada, o prefeito [João Cury] e os secretários municipais nos receberam de braços abertos. Com certeza, quando falarem de Botucatu, vou me lembrar com muito carinho”, declara.

O presidente da Associação Brasileira de Voo Livre [ABVL] Marcelo Almeida declarou que o empenho de Botucatu em promover o esporte trará bons frutos à cidade. “Existem muitos locais do Brasil com excelentes condições de vôo, a diferença é a vontade em promover eventos com qualidade e infra-estrutura de primeiro mundo”, finaliza.

Subsecretaria de Comunicação e Informação