julho 30, 2009

FMB segue orientação da Unesp e adia retorno de aulas

Em conformidade com recomendação da Secretaria de Estado da Saúde à Secretaria de Estado de Ensino Superior e à reitoria da Unesp (Universidade Estadual Paulista), a Faculdade de Medicina de Botucatu adiou sua volta às aulas. A decisão, ratificada pela portaria nº 368, do diretor da FMB, foi tomada como precaução ao vírus Influenza A (H1N1), também denominado de ‘nova gripe’ e sua transmissão sustentada em território brasileiro.

O retorno das aulas, para seus 369 alunos do 1º ao 4º ano da graduação em Medicina e 99 em Enfermagem, está previsto para o dia 17 de agosto, conforme comunicado expedido pelos Conselhos de Curso de Medicina e Enfermagem. Com a medida, espera-se reduzir a aglomeração de estudantes em salas de aula, fator considerado propício à transmissão da Influenza.

No caso de Medicina, alunos do 5º e 6º anos continuarão com suas atividades acadêmicas normais, já que as mesmas se enquadram em uma exceção aberta pela reitoria da Unesp. Nestes casos, os alunos são divididos em grupos menores para o internato e com isso não se caracteriza como ‘aglomeração’. Já na Enfermagem, o 4º ano terá seu calendário sem alterações

Atendendo solicitação das secretarias estaduais, o pró-reitor prof. Ricardo Abi Rached, em substituição ao reitor Herman Voorwald expediu, dia 29 de julho, comunicado solicitando a todas as unidades da Unesp a suspensão do início do segundo semestre. A decisão foi tomada em conjunto com a USP (Universidade de São Paulo) e Unicamp (Universidade de Campinas).

Assessoria de Comunicação e Imprensa - Unesp/Faculdade de Medicina/Botucatu e Hospital das Clínicas