agosto 06, 2009

Comandante da GCM de Botucatu pede exoneração do cargo

Informaçãoes da Subscretaria Municipal de comunicação e Informação de Botucatu dizem que, por razões particulares o Capitão do Exército Salvador Theodoro pediu exoneração do cargo de comandante da Guarda Civil Municipal [GCM], na tarde dessa terça-feira [4]. O prefeito João Cury aceitou o pedido.

Informações veiculadas no jornal Diário, órgão que entrevistou o ex-comandante, Serra dizem que o mesmo pediu a demissão devido a atuação de forças ocultas.

A função será ocupada interinamente pelo Secretário Municipal de Segurança, Adjair de Campos.

Em 2009, sob a direção do Secretário de Segurança Adjair de Campos e do Comandante Theodoro, a GCM implantou o patrulhamento comunitário e com isso teve um aumento de mais de 10 vezes no número de chamadas.

No último dia 23, a GCM formou 26 novos guardas, o que representa um aumento de 80 no efetivo.