agosto 19, 2009

Consultório odontológico pode resolver problema de saúde bucal em César Neto

Após levantamento epidemiológico no bairro rural de César Neto, o dentista Anderson Alécio constatou que toda população apresentava elevados índices de cáries e obturações, denominado índice CEO. “ A Organização Mundial de Saúde estabelece que crianças entre 2 e 5 anos devem apresentar grau 1 para o índice, em César Neto muitas apresentaram grau 20, considerado o máximo”, explica o especialista.

Ainda de acordo com Alécio, um dos motivos da má saúde bucal no bairro seria o isolamento geográfico, já que a população precisava se deslocar por cerca de 23 quilômetros até a Unidade de Saúde mais próxima, no Jardim Aeroporto. “As crianças eram atendidas no máximo 2 vezes por ano”, diz Alécio.

Com os dados em mãos, o administração municipal desenvolveu o programa de saúde bucal, que irá instalar em creches e escolas da rede consultórios especializados, além da aquisição de uma carreta com 4 consultórios que servirá para atender pacientes em pontos distantes.

O primeiro consultório odontológico para atendimento familiar será inaugurado em César Neto já no próximo mês, onde funcionava a base comunitária da Polícia Militar,ao lado da EMEFEI Raul Torres. A obra será financiada pela Secretaria de Educação, com atendimento l dos especialistas da Secretaria Municipal de Saúde.

A instalação irá funcionar durante 20 horas semanais e será aberta para toda comunidade. Além do atendimento, os dentistas irão dar orientações aos grupos sobre como prevenir problemas bucais.

Para a direção da Escola Raul Torres, a criação do consultório vai resolver também o problema de faltas, já que alunos e funcionários perdiam todo o período de aulas para serem atendidos em outras unidades de saúde.

Da Subsecretaria Municipal de Comunicação e Informação