agosto 26, 2009

Educação distribui DVD sobre gripe suína às escolas

A Secretaria de Estado da Educação irá distribuir para todas as escolas da rede e diretorias de ensino do Estado o DVD "Aula de Saúde". Desenvolvido para orientar os profissionais da educação sobre a gripe suína o vídeo também estará disponível na página da Pasta na internet (http://www.educacao.sp.gov.br/aulasaude.asp) e poderá ser acessado por todos os 210 mil professores da rede.

As recomendações são dadas por especialistas do Instituto de Infectologia Emílio Ribas e da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, reunidos em uma série de entrevistas comandadas por David Uip, diretor do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Os secretários de Estado da Educação e da Saúde, Paulo Renato Souza e Luiz Roberto Barradas, também fazem parte dos entrevistados.

Entre os assuntos abordados no vídeo, estão as recomendações que devem ser reforçadas junto aos alunos, como a importância de lavar as mãos com freqüência e evitar locais abafados. Os professores também são orientados a manter janelas e portas das salas de aula abertas, para que o ambiente esteja sempre ventilado. Para gestores e diretores são reforçados os procedimentos que devem ser adotados em caso de haver professores e alunos gripados, ou funcionárias grávidas.
Vídeo traz participação de médicos especialistas para orientar docentes

O vídeo ainda desmente informações muito difundidas entre a população, como a necessidade da utilização de máscaras e a alta taxa de mortalidade da doença. "Os professores devem estar bem informados para orientar a comunidade e levar tranqüilidade à população", afirma o Secretário de Estado da Educação, Paulo Renato Souza.

Outras iniciativas

A Secretaria de Estado da Educação colocou em pratica uma série de iniciativas para combater a gripe suína na volta às aulas. Durante o recesso escolar, foram enviados 36 mil cartazes para todas as 5.500 escolas estaduais com dicas sobre como evitar a contaminação. Além disso, a Pasta realizou uma videoconferência para orientar os professores da rede sobre o vírus Influenza A H1N1.

Para o reinício das aulas, foram produzidos cerca de 5 milhões de cartilhas sobre a gripe, entregues aos alunos já no primeiro dia de aula.