agosto 21, 2009

Operação da GCM e PM lacra agências de moto-taxi irregulares

Uma operação conjunta entre a Guarda Civil Municipal [GCM] e a Polícia Militar [PM] culminou com o fechamento por falta de alvará de três agências de moto-taxistas. A ação foi realizada na tarde de quinta-feira [20].

De acordo com o informações do inspetor da GCM Paulo Renato da Silva, o objetivo da operação era o fechamento de agências clandestinas e a fiscalização do serviço de transporte de passageiros com motos.

Foram mobilizados 17 guardas municipais e oito viaturas; 16 policiais militares com nove viaturas. Treze agências foram fiscalizadas, 10 motos recolhidas, foram lavrados 15 autos de infração e cinco de advertências. No total, 104 pessoas foram averiguadas.

Para o secretário municipal de Segurança, Adjair de Campos, esse tipo de operação deve acontecer com frequência. “O trabalho conjunto entre GCM e PM deve continuar. Esse tipo de fiscalização visa a segurança da população que utiliza-se desse tipo de serviço”, explica.

GCM: 199

Da Subsecretaria Municipal de Comunicação e Informação de Botucatu