agosto 20, 2009

Seminário discutirá bases militares na fronteira com a Colômbia

As comissões da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional e de Relações Exteriores e de Defesa Nacional vão realizar seminário para discutir a intenção do governo colombiano de implantar bases norte-americanas em seu território próximo da Amazônia brasileira. O requerimento apresentado pelos deputados Colbert Martins (PMDB-BA) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), foi aprovado nesta quarta-feira (18), mas o debate ainda não tem data marcada.

Segundo Colbert Martins, o governo colombiano confirmou a intenção de instalar bases americanas em seu território para combater o narcotráfico. "A preocupação se deve ao fato de que a base militar mais próxima da fronteira com o Brasil, em Apiay, ficará a apenas 400 km do estado do Amazonas, numa área da floresta amazônica distante e pouco povoada" disse.

Vanessa Grazziotin assinalou que os governos brasileiro e de outros países que fazem fronteiras com a Colômbia demonstraram preocupação com essas medidas, principalmente as que se referem à parte da Amazônia global. "A história dos norte americanos é extremamente negativa, e remete à invasão e ao desrespeito à soberania dos outros países", afirmou a deputada.

O seminário será realizado em Tabatinga, cidade que faz fronteira com a Colômbia, no estado do Amazonas. Serão convidados autoridades brasileiras e representantes da sociedade organizada, ainda não designadas.

Portal da Câmara dos Deputados