outubro 13, 2009

McDia Feliz 2009 tem maior arrecadação da história

A arrecadação obtida na 21ª edição do McDia Feliz, realizada em 29 de agosto, foi a maior desde que a campanha começou a ser realizada no Brasil, em 1988. Foram arrecadados R$ 11.661.422,24 que serão revertidos para 74 projetos de tratamento do câncer infanto-juvenil desenvolvidos por 57 instituições.

O anúncio foi feito pelo Instituto Ronald McDonald, que coordena a campanha, na abertura do 16º Congresso Nacional de Voluntários e Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONVOCC).

“Essa conquista é fruto da contribuição dos mais de 1 milhão de clientes que fizeram questão de comprar seus Big Mac naquele dia especial e do trabalho de mais de 65 mil pessoas, entre voluntários das instituições e funcionários, fornecedores e franqueados de todos os restaurantes da rede McDonald’s. Nosso maior motivo de orgulho é saber que ajudamos a viabilizar pesquisas, tratamentos e equipamentos para tratar e salvar tantas vidas", afirma Francisco Neves, superintendente do Instituto Ronald McDonald.
Valor recorde de R$ 11,7 milhões será revertido para 74 projetos de tratamento do câncer infanto-juvenil de 57 instituições. Em Botucatu, a FAMESP (Fundação para o Desenvolvimento Médico Hospitalar) receberá R$ 52.316,55 para a ampliação do ambulatório de oncologia pediátrica

A verba começa a ser repassada a partir agora para as instituições, de acordo com o valor de cada projeto aprovado pelo Conselho Científico do Instituto Ronald McDonald, formado por 13 dos mais renomados oncologistas e dirigentes de instituições de combate à doença no país.

Até o próximo McDia Feliz, serão acompanhadas a aplicação dos recursos doados e a execução dos projetos beneficiados. Só podem se candidatar a doações das próximas edições do McDia Feliz as instituições que comprovem eficácia nos dois quesitos.

"O total do valor doado e o efetivo acompanhamento de sua aplicação contribui para que o cenário de diagnóstico, tratamento e acompanhamento dos pacientes com câncer infanto-juvenil continue evoluindo de forma positiva, como vem ocorrendo nas últimas décadas”, afirma Renato Melaragno, presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope).

Doação local
Em Botucatu, a campanha do McDia Feliz contemplou a FAMESP (Fundação para o Desenvolvimento Médico Hospitalar) com o valor de R$ 52.316,55, valor que será empregado na ampliação do ambulatório de oncologia pediátrica.

A FAMESP é uma entidade de direito privado sem fins lucrativos, instituída para atuar na promoção do ensino, pesquisa e principalmente no desenvolvimento da assistência integral à saúde e apoio às atividades da Faculdade de Medicina e do Hospital das Clínicas da UNESP (Universidade Estadual Paulista). iências Agronômicas da Unesp de Botucatu - FCA / Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais - FEPAF