novembro 26, 2009

Após cursos, alunos irão atuar na comunidade

Vinte e três pessoas receberam certificado no Programa de Desenvolvimento Local do Parque 24 de Maio. O objetivo é, através desse curso, que as pessoas atuem para melhorar o local onde vivem. O projeto faz parte dos Cursos Livres desenvolvidos pelo Senac Botucatu durante o segundo semestre de 2009, destinados à população adulta de baixa renda. O evento aconteceu na Câmara dos Dirigentes Lojistas de Botucatu – CDL.

Foram as primeiras turmas no Curso Agente Socioambiental e Agente de Desenvolvimento Local. "Este resultado só foi possível com articulação e estabelecimento importantes parcerias. A Rede Social TEAR atuou diretamente na identificação da demanda junto às organizações sociais e divulgação das conquistas dos alunos", informa Simone Pafetti, da Rede Social Tear.
Cursos livres foram realizados pelo SENAC com atuação direta da Rede Social Tear
A Cáritas Arquidiocesana e Secretaria Municipal de Meio Ambiente contribuíram para que os integrantes da Cooperativa dos Agentes Ambientais de Botucatu e pessoas ligadas a essas diferentes realidades pudessem participar. A Prefeitura Municipal de Botucatu, através da Secretaria de Educação, disponibilizou as instalações de Escolas Municipais, onde os cursos pudessem acontecer com menor deslocamento possível.

A Formatura dos Agentes marca o início do Programa de Desenvolvimento Local no Parque 24 de Maio, baseado nos projetos apresentados pelos alunos. O perfil dos agentes: maiores de 18 anos, com ensino fundamental completo e renda per capita de um salário mínimo e meio.

SOBRE OS CURSOS
Agente de desenvolvimento local

O participante é capacitado para implementar o desenvolvimento local em parceria com órgãos dos setores público e privado e da sociedade civil, tendo a atuação em rede como referência de sustentabilidade.

O curso é dirigido a profissionais que atuam ou tenham planos de atuar em empresas, órgãos públicos e ONGs. Ou ainda que pretendam trabalhar como lideranças comunitárias, consultores autônomos, participantes de redes sociais ou mesmo como voluntários.

(Carga horária: 160 horas)

Agente Socioambiental

O participante aprende a elaborar projetos em comunidades, planejando e implementando ações socioambientais coletivas para a solução de problemas locais e a indução de mudanças nas realidades econômicas sociais e ambientais.

O curso é dirigido a pessoas com interesse em desenvolver projetos socioambientais locais em organizações públicas, privadas e do terceiro setor.

(Carga horária: 160 horas)






Empregos Manager Online