novembro 04, 2009

Guarda Municipal é agredida durante atendimento

A Guarda Civil Municipal [GCM] de Botucatu atendeu a 18 ocorrências no último final de semana e feriado de Finados. Entre elas, destaca-se o caso de uma Guarda Civil Municipal que foi agredida enquanto prestava um atendimento, na Vila Jardim.

De acordo com informações da corporação, uma mulher que estaria supostamente agressiva, havia tentado suicídio por duas vezes, sendo impedida pelos filhos, que solicitaram a ambulância para interná-la. Após contato com a suposta suicida, ela concordou em ser levada ao Pronto Socorro. Porém, tentou retornar ao apartamento.

Os GCMs a impediram, então ela gritou e desferir socos e pontapés, sendo então necessário o uso de força moderada para contê-la. A mullher tentando se soltar, mordeu o braço de um dos GCM's. Ela foi levada até a ambulância, junto com os filhos para o Pronto-Socorro da Unesp e passa bem.

A Guarda Civil Municipal teve escoriações leves e passa bem.

Dano ao patrimônio Público Municipal - um veículo Audi bateu em um poste de sinalização e dois coqueiros do canteiro central, na avenida Vital Brazil, na madrugada do dia 31. O condutor foi conduzido ao P.S. Sorocabano pela viatura do Resgate e as as medidas administrativas foram tomas pela Policia Militar.

Acidente – A GCM auxiliou um homem que sofreu uma queda, à pé, na pista de skate da Cecap, no início da noite do dia 1º. Ele foi levado de ambulância até o Pronto Socorro e passa bem.

Mediação – ainda na noite do dia 1º, a GCM foi acionada por uma mulher que ao buscar as filhas na casa do ex-marido, o mesmo, segundo ela, não quis entregá-las. Ela informou que possui a guarda das meninas, e o ex-marido estava com elas desde sexta-feira devendo entregá-las na tarde de domingo. Feito contato com as partes, entraram em acordo, e a mãe levou as filhas para casa.

GCM: 199