novembro 23, 2009

Orçamento doméstico em debate na FMB/Unesp

Chegar ao fim do mês no ‘vermelho’. Estimativa do Banco Central aponta que 8,2% da dos brasileiros estejam com algum tipo de inadimplência. Boa parte dos que convivem com esta realidade nem ao menos sabe que as despesas domésticas representam grande parte deste endividamento.

Saber quais são as principais causas e como o endividamento surge, e a forma de se alcançar o equilíbrio financeiro serão os principais pontos a serem debatidos durante a palestra “Orçamento Doméstico: Saindo do Vermelho”, que a Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) promove nesta terça-feira, 24 de novembro, a partir das 13h30. O evento ocorre no salão nobre da instituição e será aberto à população.

O ministrante será Diógenes Donizete, integrante da Fundação PROCON-SP. Formado em contabilidade, administração e direito, Donizete abordará como o uso desenfreado do cartão de crédito e o cheque especial agravam a situação financeira familiar. Além disso, apresentará aos presentes questões como: possibilidade de viver sem dívidas, a manipulação que o marketing faz com os consumidores, entre outras questões.

Segundo ele, o endividamento ocorre por uma questão de hábito. “Como regra geral, não gostamos de planejar. Preferimos deixar tudo para última hora e pouco se fala dos benefícios de um planejamento financeiro”, ressalta Donizete.

A participação na palestra será gratuita e haverá a disponibilização de material educativo. Informações podem ser obtidas no Grupo Técnico de Desenvolvimento em Recursos Humanos (GTDRH) da FMB pelo telefone (14) 3811-6023.

Jornal da FMB