novembro 27, 2009

Bauru desenvolve atividades em unidades para marcar o Dia Mundial da Luta Contra Aids

Nesta terça-feira (01/12), para marcar o Dia Mundial de Luta contra a Aids, a Secretaria Municipal de Saúde instalará um ponto de informações sobre o assunto no Calçadão da Batista e prosseguirá com as atividades educativas e preventivas referente à doença, em todas as Unidades Básicas de Serviço especializado de Saúde.

Neste ano o tema da Campanha é o preconceito contra soropositivos, tendo como slogan “Viver com Aids é possível. Com o preconceito não”.

De acordo com os protocolos do Ministério da Saúde, atualmente não se deve ser usado o termo "grupos de risco" e sim em situação de risco, ou seja, qualquer pessoa que se coloque em uma situação de risco pode adquirir o HIV ou outras DSTs, que são elas:

    * Sexo oral, anal e vaginal sem preservativo;
    * Compartilhar seringas – usuário de drogas injetáveis
    * Compartilhar cachimbo, “latinha” e canudo – usuários de drogas inaláveis – (crack e cocaína)
    * Compartilhar instrumentos que furam ou cortam não esterilizados (tatuagem, pircing, etc)
    * Transfusão de sangue contaminado
    * Leite materno de mães infectadas
    * Abuso sexual

Sendo assim, a recomendações implicam em:

    * Todas as pessoas devem realizar sexo seguro, mesmo aquelas que possuem uma relação estável, sendo necessário dialogar com seus parceiros a respeito desse assunto e negociar o uso do preservativo de forma adequada e contínua.

    * O uso adequado e contínuo do preservativo não previne somente as DST/Aids, mas também a gravidez indesejada. Considerado um método de dupla proteção.

    * O Diagnóstico também é prevenção. Em média, os brasileiros só realizam o diagnóstico 5 anos após a infecção, permanecendo sem sintomas por muito tempo. Durante esse período, podem transmitir o vírus involuntariamente.

    * Quanto antes a infecção for diagnosticada mais cedo poderá ser realizado o tratamento, garantindo mais qualidade de vida às pessoas que vivem com HIV/Aids e outras DSTs.

O teste anti-HIV e tratamento são gratuitos na rede pública de saúde.

Em Bauru, o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), serviço especializado na orientação sobre as DST/AIDS, realiza a testagem sigilosa e gratuita dos exames para HIV (teste convencional e rápido), Sífilis e Hepatites virais. Neste serviço de prevenção qualquer pessoa que tenha se colocado em situação de risco pode realizar a testagem, não sendo necessário o encaminhamento médico.

O CTA fica na Rua XV de Novembro, 3-36, Centro. O telefone para contato é o 3234-2576 e o horário de atendimento é das 08 às 17 horas.

Os exames são realizados todas as segundas, quartas e quintas-feiras, às 13h e às terças às 8h.

Confira a programação em Bauru para o Dia Mundial de Luta contra a Aids.

    01/12/09
    “Ponto de Encontro DST/Aids”
    Fornecimento de orientações e mensagens preventivas, material educativo e preservativos.

    Organização: CTA
    Realização: CTA, SMI, PROMAI, Caps ad e SAPAB
    Local: Rua Batista de Carvalho, quadra 6
    Período: 9:00 às 15:00h

    01/12/09
    Realização de Atividades educativas/preventivas em sala de espera e/ou grupos

    Organização: CTA e Unidades de saúde
    Realização: Unidades de Saúde
    Local: Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Referência
    Período: manhã e tarde.

Do site oficial da Prefeitura Municipal de Bauru



Empregos Manager Online