novembro 17, 2009

Vereador Bittar pede retorno de restos mortais de Frei Fidélis a Botucatu

Foi aprovado, na última sessão da Câmara Municipal, um requerimento de autoria do vereador Dr. Bittar (PcdoB), que solicita a Coordenadoria da Região Pastoral, a transferência dos restos mortais do Frei Fidélis, bem como estudar a viabilidade da transferência de seus restos mortais para Botucatu, além de se construir em um local determinado pela Igreja, espaço para a visitação pública com a devida identificação e dados históricos sobre sua vida e obra.

O vereador explica seu pedido. “Os restos mortais do Frei Fidélis (Bernardo Mott), da Ordem dos Frades Menores Capuchinos, foram transferidos para São Paulo e sepultados em Sapopemba (SAIBA MAIS CLICANDO AQUI), local onde a Ordem religiosa mantém uma Igreja no qual são sepultados os Frades do Estado. A obra do Frei Fidélis foi extremamente importante para a história de Botucatu e sua memória continua sendo considerada pelos botucatuenses como um patrimônio imaterial. Frei Fidélis era cidadão botucatuense por título conferido pela Câmara Municipal e, pelas obras realizadas em nosso município e pela Igreja, merece reconhecimento e homenagem, por isso, peço que seus restos mortais sejam transferidos para Botucatu”, informa Bittar.

O requerimento do parlamentar do PC do B é direcionado ao Guardião do Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, Frei Constantino Bombo, e ao Ilustríssimo Senhor Coordenador da Região Pastoral 1, Cônego Marcos Paulo de Campos.