novembro 19, 2009

Vereador pede que restos mortais de frei Fidélis sejam devolvidos a Botucatu

Por Renato Fernandes

Na sessão da Câmara Municipal de Botucatu, de 16 de novembro, o requerimento do vereador Dr. Bittar [PcdoB] que solicita à Coordenadoria da Região Pastoral o retorno dos restos mortais do Frei Fidélis a botucatu foi aprovado.

O parlamentar acrescenta o pedido de estudos para que, no local onde o religioso venha a ser sepultado, também seja construído um espaço adequado para a visitação pública com identificação e informações sobre sua vida e obra.

“A obra do Frei Fidélis foi extremamente importante para a história de Botucatu e sua memória é considerada patrimônio imaterial. Ele era cidadão botucatuense por título conferido pela Câmara Municipal e, pelas obras realizadas em nosso município e pela Igreja, merece reconhecimento e homenagem”, justifica Bittar.

O requerimento foi direcionado ao Guardião do Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, Frei Constantino Bombo, e ao coordenador da Região Pastoral 1, Cônego Marcos Paulo de Campos. “Outra idéia é que seja especificado um dia em comemoração ao religioso”, sugere o parlamentar.

Bittar pretende se reunir, nos próximos dias, com o Frei Constatino e o cônego Marcos Paulos, para discutir o assunto. “Se não conseguir falar com eles, aguardarei a resposta do requerimento, que deve chegar em 15 dias”, diz.