novembro 24, 2009

Vereadores de Botucatu pedem que comércio adeque acesso a deficientes

Na última sessão da Câmara Municipal, foi aprovado um requerimento de autoria dos vereadores Carlos Trigo (PT) e fontão (PSDB), que solicita a entidades representativas do Comércio Botucatuense, a possibilidade de, conjuntamente, envidarem esforços junto ao proprietários lojistas de nosso município, objetivando que estes adequem as instalações de seus estabelecimentos comerciais visando permitir total acessibilidade externa e interna às pessoas com deficiência, sobretudo cadeirantes, deficientes visuais e pessoas com mobilidade reduzida.

Os vereadores também solicitam saber sobre a possibilidade de também instituírem o "Selo Comércio Amigo das Pessoas com Deficiência", a ser entregue às lojas botucatuenses que se adequarem às citadas condições de acessibilidade. “Em nosso município é expressivo o número de pessoas que utilizam cadeira de rodas ou que apresentam dificuldades de locomoção.

Em geral, os estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços instalados em nosso município não oferecem a esses munícipes condições satisfatórias de acessibilidade externa e interna, uma vez que, dentro da maioria das lojas e outros tipos de estabelecimentos, mudanças muitas vezes relativamente simples não são realizadas, como o alargamento de portas e corredores, instalação de provadores para cadeirantes, adaptação de banheiros e a substituição de degraus por rampas, entre outros dispositivos que visam possibilitar o acesso e favorecer a inclusão de consumidores com deficiência e de pessoas com mobilidade reduzida. O mobiliário da maior parte das lojas de nosso município não é adequado aos cadeirantes, dificultando muitas vezes o acesso aos produtos comercializados e aos serviços oferecidos, já que é comum observar a presença de produtos fora do alcance das pessoas com deficiência, bem como a ausência de balcões em dois níveis, a fim de que um deles esteja na altura de uma pessoa numa cadeira de rodas. É necessário que as lojas se adequem a essa camada da população e, por isso, peço ajuda ao subsecretário de comércio e entidades representativas do comércio como ACE/CDL nessa questão”, informam Trigo e Fontão.

O requerimento dos parlamentares do PT e PSDB é direcionado ao Secretário Adjunto do Comércio e Serviços, Antônio Carlos Stein, e ao Presidente da CDL - Câmara de Dirigentes Lojistas de Botucatu, Antônio Cecílio Jr.

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Botucatu