dezembro 03, 2009

Em Botucatu, reitor da Unesp analisa fase pela qual passa a universidade e inaugura UPECLIN da FMB/HC

O reitor da Unesp, professor Herman Jacobus Cornelis Voorwald, cumpriu extensa agenda na Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) nesta quinta-feira, 3 de dezembro. Professor Herman conheceu setores que passaram por readequações e inaugurou serviços. Antes disso, pela manhã, ele se reuniu com a Congregação da FMB quando avaliou o atual momento vivido pela universidade e em seguida assinou um “Convênio de Colaboração Acadêmica” da Unesp, Famesp (Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar) com o Banco Santander.

Durante o encontro com o colegiado da FMB, o reitor enfocou a importância da gestão financeira – postura que frisou ser um dos pilares de sua administração. “A gestão financeira é a grande vantagem da autonomia universitária e a Unesp atravessa um período muito bom”, avaliou. Outro ponto tocado por professor Herman foi a preocupação com a reposição de recursos humanos.

Em 2009, de acordo com ele, já foram contratados 400 docentes RDIDP (que mantém vínculo empregatício exclusivo com a Unesp) e 370 servidores técnico-administrativos. Para 2010 está prevista a admissão de outros 200 professores. “Será analisada também a possibilidade de os servidores docentes passarem a ter carreira horizontal (progressão em níveis), com base na avaliação de desempenho”, comentou.

Professor Herman anunciou, para o ano que vem, a destinação de R$ 150 milhões para serem investidos em obras. Cada diretor de unidade terá um plano onde constará exatamente como e quando devem ser usadas a verba que receberão, com base nas prioridades definidas pela Congregação.

UPECLIN - Momentos antes de inaugurar a UPECLIN (Unidade de Pesquisa Clínica) da FMB e HC, o reitor falou sobre o que representa  à instituição contar com este tipo de estrutura para a realização de ensaios clínicos em seres humanos. “É muito claro para nós que esses núcleos serão o diferencial no que diz respeito à universidade ser reconhecida como grande geradora de conhecimento nestas áreas. A Unesp está se solidificando nas suas áreas de competência, porque isso fará com que ela seja reconhecida não só com um grande centro de ensino, mas também de pesquisa”, declarou o reitor.

Na mesma linha do gestor da Unesp, o superintendente do Hospital das Clínicas (HC), professor Emílio Curcelli destacou que a UPECLIN colocará a unidade em um patamar diferenciado. “É mais um serviço que traz orgulho para este hospital. A Superintendência vai se esforçar para que a pesquisa seja feita de forma transparente, ética e com qualidade”, frisou.

Professor Sérgio Müller, diretor da FMB, reforçou que todos os projetos aceitos pela UPECLIN serão minuciosamente analisados, segundo conceitos éticos, e as pesquisas não se misturarão com a assistência do SUS (Sistema Único de Saúde). “Vislumbramos não ficar mais à reboque dos países desenvolvidos neste assunto”, declarou.

Também participaram da cerimônia de inauguração da nova unidade de pesquisa clínica, realizada no Salão Nobre da FMB, o vice-reitor da Unesp, professor Júlio César Durigan e a pró-reitora de Pós-Graduação, professora Marilza Vieira Cunha Rudge.

Sobre a UPECLIN
A UPECLIN já integra a RNPC - Rede Nacional de Pesquisa Clínica em Hospitais de Ensino (que conta com 32 unidades) e está instalada em um prédio 600 metros quadrados de área construída que conta com 10 consultórios e oito leitos, além de completa infra-estrutura para pesquisa clínica. O investimento total está orçado em R$ 1,2 milhão. Os recursos são dos Ministérios da Saúde e Ciência e Tecnologia, através de financiamento da FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), interveniência da Famesp (Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar) e apoio/contrapartida da FMB e Unesp.

Está entre as competências da unidade realizar a fase clínica (pesquisa em seres humanos) de projetos encaminhados por todas as unidades da Unesp, empresas farmacêuticas e também de outras instituições do Brasil, desde que o produto em desenvolvimento tenha a qualidade exigida.

Outras atividades
Professor Herman também inaugurou as instalações do SEAPES (Serviço de Apoio Psicológico ao Estudante da Saúde) e a nova Casa de Caldeira. Passou pelo Toxican (Núcleo de Avaliação Toxicogenética e Cancerígena); os solários dos departamentos de Dermatologia e Ortopedia, que foram readequados; o Laboratório Didático de Doenças Tropicais e nas obras na nova Central de Salas de Aulas da FMB, novo prédio da administração e prédio do Centro de Memória e Arquivo da faculdade – em fase de construção - além do CCI (Centro de Convivência Infantil).

 Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB e HC/Unesp




Empregos Manager Online