janeiro 25, 2010

Aberta concorrência para construção do Hospital Estadual de Botucatu

Foi aberta e publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo dia 22 de janeiro a concorrência para a construção do Hospital Estadual de Botucatu, que será administrado pela Faculdade de Medicina/Unesp (FMB). Este processo aberto na Secretaria de Estado da Saúde, de nº 02/2010, prevê ainda reforma do SND (Serviço de Nutrição e Dietética) e Lavanderia, no Complexo Hospital Estadual Cantídio de Moura Campos, no mesmo município, onde também será erguido o Hospital Estadual.

O encerramento da concorrência acontecerá dia 1º de março e, caso não haja recursos, após escolhida a empresa vencedora terá 30 dias para iniciar as obras. O Edital para consulta está disponível no site: www.imesp.com.br.
Unidade, com capacidade para 60 leitos, será administrada pela Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp
O novo hospital, com capacidade para 60 leitos, deve ser destinado a casos de média complexidade como procedimentos cirúrgicos simples e partos. A expectativa é atender 6 mil pessoas, em média, anualmente. A assistência ao usuário será em sistema de concordância entre o Hospital das Clínicas (HC) e a nova unidade de saúde.

As instalações desta nova estrutura hospitalar deverão suprir uma carência regional no atendimento a casos de média complexidade. Com isto, a expectativa é desafogar o fluxo de atendimentos no HC. A Secretaria de Estado da Saúde liberou, em 2008, R$ 16 milhões para as obras.

Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB e HC/Unesp