janeiro 11, 2010

Cinebiografia do Lula está fora da agenda do cinema de Botucatu

Por Renato Fernandes

Uma decepção paira sobre o PT de Botucatu. O filme “Lula, o Filho do Brasil”, não está na agenda de exibições do único cinema da Cidade. A cinebiografia do atual presidente do País perdeu espaço para os filmes “Alvim e os Esquilos 2” e “Sherlock Holmes”.

De acordo com a gerente do cinema, Wanessa Ferreira, o mês está repleto de lançamentos e a possibilidade do filme não passar pela ‘telona’ do Cine Nelli é grande. “Não temos previsões para o filme”, antecipa.

Os correlegionários já estavam se organizando em turmas para prestigiarem a projeção em Botucatu, mas tiveram os ânimos esfriados e já elaboram outras formas para verem o longa metragem. “É lamentável, não apenas pelo filme ser sobre o Lula, ou por razões partidárias, mas sim, por ser uma produção nacional. É necessário valorizar o cinema nacional”, coloca o presidente do PT de Botucatu, Carlos César Ramos.

Triste com a notícia, Ramos, pretende reunir os companheiros, enfrentar dois pedágios e seguir para Bauru em busca de salas que estejam exibindo a cinebiografia de Lula. “Se não tiver jeito vamos de Van. Juntamos os correligionários, familiares e amigos e seguimos viagem”, diz.

A notícia não pegou de surpresa, mas também decepcionou o vereador Lelo Pagani. O parlamentar até aponta uma forma de economizar no pedágio. “Jaú tem salas de exibição ótimas”, sugere. “Realmente é uma decepção. Um ótimo filme nacional, que trata de um personagem que entrou para a história mundial. Mas essa é uma situação que podemos esperar em uma Cidade que possui apenas um cinema”, reclama.

O filme brasileiro é inspirado na trajetória do atual presidente do País, Luiz Inácio Lula da Silva. Dirigido por Fábio Barreto, cineasta indicado ao Oscar por O Quatrilho, e estreou no dia 1º de janeiro.



Empregos Manager Online