janeiro 21, 2010

FMB convida voluntários para estudo clínico sobre prevenção de doenças no coração

O Centro de Hipertensão Arterial da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) e Hospital das Clínicas (HC) recebe, até março deste ano, inscrições de voluntários interessados em participar de um estudo clínico internacional sobre doenças cardiovasculares. Podem fazer parte da pesquisa mulheres a partir de 60 anos e homens com 55 anos ou mais.

Para serem incluídas no estudo as pessoas precisam atender a pelo menos um dos critérios a seguir, considerados fatores de risco para complicações cardíacas: história atual ou recente de tabagismo (hábito de fumar); HDL (colesterol “bom”) diminuído e estar acima do peso ou com excesso de gordura no abdômen. Também serão aceitos diabéticos que não estejam usando insulina (controle apenas com dieta) e hipertensos leves em uso de determinados medicamentos. Não podem participar quem já teve infarto ou derrame; hipertensos severos e diabéticos em uso de insulina.

O estudo clínico vai durar cinco anos e os voluntários que aceitarem integrar os trabalhos passarão por exames de sangue e urina, eletrocardiogramas e consultas médicas periódicas, além de receberem dois tipos de medicamentos os participantes assinarão um termo de consentimento livre e esclarecido. Eles podem abandonar os testes quando quiserem.

“As pessoas que participarem do estudo terão como benefício a prevenção da hipertensão, doença do colesterol e ainda evitarão derrames e infartos. A pesquisa é de nível quatro, ou seja, utilizando medicamentos que já estão disponíveis no mercado”, salienta Dra. Carmem Amaro, co-investigadora do trabalho. A iniciativa já tem aprovação do Comitê de Ética da FMB e também do grupo que cuida desses assuntos em Brasília.

O Centro de Hipertensão Arterial da FMB/HC é coordenado pelo médico nefrologista Roberto Jorge da Silva Franco, que é o investigador do estudo, juntamente com as médicas Carmem Amaro, Adriana Polachini do Valle e Vanessa dos Santos Silva. A coordenação desta pesquisa, que é feita também em outras regiões do Brasil está a cargo do Instituto Dante Pazzanese.

Mais informações podem ser obtidas através dos telefones (14) 3811-6534 ou 3813-5159, com Mônica, e ainda através do e-mail: mapaula@fmb.unesp.br.

Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB e HC/Unesp