janeiro 20, 2010

Júpiter Maçã toca em São Paulo nessa quinta, com ex-Fellini nas pick-ups

Afastado de São Paulo há três meses, o músico gaúcho Júpiter Maçã volta ao coração do país nessa quinta-feira, dia 21 de janeiro, quando toca na Livraria da Esquina (Lado A) a partir das 22 horas. Localizada na Barra Funda, a casa de shows ainda conta com a discotecagem de André Girardi, residente, e Jayr Marcos, guitarrista da extinta Fellini. O valor da entrada é de R$30.

Júpiter Maçã tocou pela última vez em São Paulo em 22 de outubro, no Clash Club, e guardou boas lembranças da apresentação: “Quem foi, saiu extasiado”, relembra. O músico vem à capital paulista depois de uma bem sucedida turnê no Rio Grande do Sul, sua terra natal, onde embarcou na gravação de algumas inéditas, incluindo “Six Colours Frenesi” e “Cerebral Sex”, que estão no setlist ao lado de hits como “Um Lugar do Caralho” e “Beatle George”.

Em seus shows mais recentes, Júpiter explora o “slogan art”, conceito criado pelo próprio músico, que o explica como um momento em que “as imagens, cheiros, texturas e até mesmo sonoridades não presentes na música são notados e adaptados às características de cada um dos ouvintes”.

Serviço:
Júpiter Maçã na Livraria da Esquina (Lado A)
Quando: 21 de janeiro, quinta-feira – a partir das 22hrs
Onde: Livraria da Esquina, Lado A – Barra Funda – R. do Bosque, 1254
Quanto: R$30
Informações: (11) 3392-3089 (Livraria) ou (21) 8289-1282

Júpiter Maçã
Flávio Basso, mais conhecido por seus nomes artísticos Júpiter Maçã e Jupiter Apple, encontrou a consagração muito cedo: Nas décadas de 80 e 90, antes mesmo de chegar aos 25 anos, o cantor, compositor e multi-instrumentista estrelou os grupos de rock TNT e Cascavelletes que, mesmo já extintos, ainda são cotados por muitos como os mais importantes da história do Rio Grande do Sul.

Hoje, aos 40 anos e residindo na cidade de São Paulo, Júpiter Maçã conta com uma carreira solo sólida e cinco discos lançados – o mais recente deles, “Uma Tarde Na Fruteira”, foi recebido muito positivamente pela imprensa nacional e internacional, ganhando destaque em sites de todo o mundo. Atualmente, no entanto, o músico foca em seu trabalho com singles – foi “Modern Kid” [youtube], inclusive, que lhe rendeu uma indicação no Video Music Brasil da MTV como “Melhor Clipe” e uma citação na lista de “Melhores Músicas de 2009” da Rolling Stone brasileira. A revista também incluiu o álbum A Sétima Efervescência, de 1997, no ranking de “100 Maiores Discos de Música Brasileira”.

Atualmente, fazem parte da banda de Júpiter os músicos Thuderbird (baixo), Dustan Galas (guitarra), Astronauta Pinguim (moog e órgão) e Felipe Maia (bateria).