janeiro 21, 2010

Programa de Desenvolvimento do 24 de Maio vai receber mais 40 agentes

Após formar 10 lideranças no Curso Agentes de Desenvolvimento Local do Senac, a Rede Social Tear de Botucatu dá outro passo importante para a região do Parque 24 de Maio. Serão formados mais 40 agentes multiplicadores do Programa de Desenvolvimento Local a ser implantado até o final de 2010. No final do ano passado, o primeiro, grupo formado por lideranças locais fez um diagnóstico preliminar sobre as melhorias que aquele setor da Cidade necessita sob a ótica de quem mora naquela região. Esta formação serviu para reavivar na comunidade a vontade de participar tanto da identificação de demandas, quanto no apoio para execução do trabalho.

"Neste segundo momento, através da Oficina Redes e Desenvolvimento Local, o Senac concentrará esforços para que o Programa seja encampado por um número maior de pessoas que moram nesta região, permitindo que elas sonhem juntas, idealizem o lugar onde querem viver e saibam o que precisam fazer para chegar até lá de forma organizada e construtiva, buscando parcerias e acima de tudo a efetiva participação da comunidade local", informa a mediadora da Rede Tear, Simone Pafetti.
 Grupo trabalhará no Programa de Desenvolvimento local realizado pela Rede Tear e Senac
O grupo de trabalho chamado de “governança local” cuidará para a realidade seja levada da atual para uma melhor, utilizando-se da metodologia do Senac que hoje, consolida-se referência para América Latina e Caribe. Também será um reforço no curriculum de quem estiver atuando nesse trabalho. Com ele será construído um Plano de Desenvolvimento para os bairros: Parque Residencial 24 de Maio, Jardim Aeroporto, Jardim Santa Cecília, Cedros, Santa Mônica, Santa Elizabete e COHAB 1 e COHAB 3, com população estimada em 7 mil pesssoas. O primeiro resultado foi entregue à Prefeitura Municipal em novembro do ano passado. A ideia é que o local seja melhorado através das demandas da própria população.

"Os agentes terão a missão de mobilizar, conscientizar e envolver a comunidade, além de mapear as necessidades através da construção de visão de futuro para os próximos 10 anos. A metodologia prevê a construção de “Mapa Verde”, onde serão indicados de forma gráfica e interativa todos os recursos da região. Despertar nas pessoas a vontade de melhorar suas comunidades é o desafio do Senac que, já conta com várias experiências de sucesso Brasil a fora. A Rede TEAR e o Senac contam com o importante apoio do poder público municipal para desenvolver este Programa, uma vez que o próprio prefeito João Cury sinaliza a importância de desenvolver ações ouvindo e envolvendo a comunidade", conta a mediadora da Rede Tear.
 
Pessoas e empresas interessadas em participar do Programa devem entrar em contato com o Senac-Botucatu através do telefone: 3112-1150 (tratar com Simone).
  
Resultado da pesquisa preliminar
Os problemas encontrados na região pesquisa: desemprego, baixa condição econômica e empregos informais; crianças excluídas do Ensino Infantil nas creches existentes; falta de projetos socioeducativos e poucas vagas atuais; inexistência de praças públicas e locais de lazer, além das condições precárias do acesso da Rodovia Gastão Dal Farra, onde já houve várias mortes.

Além de apontar as necessidades, o trabalho mostrará como solucionar essas deficiências e transformar a realidade nos próximos 10 anos.

O que é a Rede Tear?
O ‘Tear’ - Trabalho, Empreendedorismo, Articulação e Responsabilidade Social é uma Rede que atua em Botucatu desde 2005, articulando pessoas e organizações. A participação em Rede é voluntária e a atuação coletiva está direcionada a fomentar orientação organizacional, a implantação e execução de projetos conjuntos, quando os objetivos e interesses são os mesmos. 

Sua missão é mobilizar, articular e fortalecer as organizações sociais para implementar ações que visem a melhoria da qualidade de vida de suas comunidades e contribuam para o desenvolvimento social. 

Contato da Rede Social:
Email: redesocial.tear@gmail.com
Telefone: (14) 3112-1162.