fevereiro 23, 2010

Arte não tem idade: Abem oferece curso de dança e teatro para maiores

Na tarde de ontem, às 15 horas, a Abem (Associação do Bem Estar) promoveu a apresentação do espetáculo teatral  “Malasarteando”, com o grupo de teatro Chafariz. Na plateia, adultos e crianças tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais das artes cênicas e ganhar coragem para participar das turmas de teatro e dança. Ambas  estão com inscrições abertas.

Segundo a responsável pelo Departamento Cultural da entidade, Vera Ravagnani, professora de literatura, serão oferecidas 40 vagas para cada curso, com prioridade aos usuários maiores de 45 anos e que já interagem com a associação. “Se não conseguirmos fechar os grupos, abriremos os cursos para a comunidade, tendo como foco maiores de 45 anos com baixa renda”, explica.

As aulas serão ministradas pela acadêmica Solange Rivas e a professora de dança Flávia Fázzio, aambas são  reconhecida pela comunidade artística do Município. Fázzio assina, anualmente, a direção do espetáculo natalino “O Quebra Nozes” e Rivas faz parte da Academia Botucatuense de Letras, e comanda o grupo Chafariz de Teatro há mais de 10 anos.

Outra importante realização citada por Vera Ravagnani, é a turma de “Lian Gong”, que terá no comando a terapeuta Irani Celeste.

As novas opções aos usuários garante uma grade de atividades culturais fixa. De segunda a sexta-feira a biblioteca promove ações variadas de incentivo à leitura. Às segundas-feiras ocorrerão as aulas de teatro e dança, às terças e quintas-feiras Lian Gon e às sextas-feiras o Cine Abem, com projeção de filmes e discussão sobre produções cinematográficas.

Oferecer opções de cultura e lazer à comunidade que reside próxima à sede da entidade, na Rua Henrique Reis, nº 405, não é tarefa fácil, e não seria possível sem o auxílio e participação direta de padrinhos e voluntários. “Comecei a trabalhar como voluntária da biblioteca e hoje as atividades se estendem para várias área culturais”, explica Ravagnani.

A professora acrescenta que vem assistindo, com muita satisfação, a ampliação do acervo de livros e sente orgulho ao perceber que as crianças que frequentam a entidade estão tomando gosto pela leitura e trazendo suas famílias para o universo da literatura. “Hoje já temos mais de 4 mil exemplares em nossas estantes. O mais importante é que as os volumes são lidos e fazem parte do universo dos frequentadores”, garante.
Informações pelo telefone: (14) 3882-6609.