março 31, 2010

FCA/Unesp realiza V Simpósio sobre Gramados com a participação de especialistas estrangeiros

A quinta edição do Sigra – Simpósio sobre Gramados - será realizada nos dias 11 e 12 de maio na Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Unesp, câmpus de Botucatu. O objetivo dos organizadores é ampliar e atualizar as informações técnicas para a pesquisa e atividades profissionais no setor, colaborar para consolidar toda a cadeia produtiva de gramas e também aproximar pesquisadores e setor produtivo.
A FCA/Unesp é o principal centro de estudos em gramados do país e o evento vai abordar temas de interesse para a área de pesquisa e ao mesmo tempo as principais demandas de produtores de grama e especialistas que fazem a manutenção dos gramados, com objetivos esportivos ou de lazer.

Existe a expectativa de um incremento da área de gramados no Brasil em razão da Copa do Mundo de 2014. Nesse sentido, o Sigra tem importância fundamental como Fórum de discussão das perspectivas do segmento, além da discussão técnica sobre variedades, manejo e implantação.



Um dos palestrantes do evento é Adriaan Stephanus Schoeman, pesquisador do Departamento de Zoologia e Entomologia da Universidade de Pretoria, África do Sul. Schoeman é um dos profissionais que trabalham na preparação e na avaliação dos campos de futebol da Copa do Mundo de Futebol de 2010, que será realizada de 11 de junho a 11 de julho no país africano.

Além de Schoeman, o evento vai contar com os palestrantes internacionais Earl Elsner, ex-professor da Universidade da Georgia (EUA) e diretor da Comissão de desenvolvimento de Sementes do estado da Georgia, com enfoque na produção de gramas e certificação da pureza genética e Carlos Guerrero, da Universidade do Algarve, de Portugal, especialista em aspectos ambientais da implantação de gramados em campos de futebol.

O Sigra é coordenado pelos professores Roberto Lyra Villas Boas, da FCA, e Leandro José Grava de Godoy, da Faculdade de Ciências Agrárias do Vale do Ribeira, do câmpus Experimental da Unesp de Registro.

Os assuntos abordados no Sigra darão origem a um livro com o conteúdo apresentado no evento. As taxas de inscrição vão de R$ 40 a R$ 80 para alunos da graduação; R$ 70,00 a R$ 140,00 para os de pós-graduação; R$ 150 a R$ 300 para profissionais e produtores. Os valores variam de acordo com a aproximação da data do evento.

Mais informações, inscrições e programação completa: www.infograma.com.br.

Histórico do evento

O cultivo de grama no Brasil para uso em ornamentação e gramados esportivos teve início na década de 1970. Desde então, a cadeia produtiva da grama no país se utilizou de variedades e técnicas desenvolvidas no exterior.

Em 2000, a Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp, câmpus de Botucatu iniciou pesquisas nacionais no cultivo de gramados. Verificou-se então, que a demanda de pesquisas era grande e que a difusão dos conhecimentos na área de gramados essencial, pois os conhecimentos estavam restritos a poucas pessoas.

Em 2003, a FCA/Unesp, em parceria com a Agraesp e a Agrapar (Associação dos Gramicultores do Estado de São Paulo e do Paraná) criou o SIGRA - Simpósio Sobre Gramados em face às necessidades de organização da cadeia produtiva da grama e a fim de difundir e aprimorar ainda mais seus conhecimentos e técnicas pouco conhecidas no Brasil.

O SIGRA é um evento científico-técnico destinado a um público estimado de 300 pessoas, entre estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, docentes e profissionais do setor.

Desde sua primeira edição, o evento conta com a participação ativa de renomados pesquisadores brasileiros e internacionais em agronomia, notadamente dos Estados Unidos, país que detém os maiores especialistas no assunto, e da América Latina.

O evento, de porte nacional, consolidou-se como referência científica e técnica sobre a cultura e manejo de gramados esportivos e paisagísticos. A partir das atividades do SIGRA gerou-se um novo caminho para a pesquisa agrícola sobre o tema.

No III SIGRA, em 2006, quando já havia um grupo maior de pesquisadores envolvidos com grama, organizou-se a 1a Mostra de trabalhos científicos. Desde 2006, estabeleceu-se a freqüência bianual para a realização do SIGRA.

Em 2008, com o IV SIGRA, a apresentação de trabalhos científicos foi mantida e ampliada. Também neste evento foi lançado pela FCA/Unesp o primeiro livro sobre gramado no Brasil “Tópicos atuais em gramados”, editado pelo grupo de pesquisadores que estarão a frente do V SIGRA.

Assessoria de imprensa - Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp - câmpus de Botucatu/SP / Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais - Fepaf