março 02, 2010

UPECLIN da Medicina/Unesp inicia oficialmente suas pesquisas em humanos

A Unidade de Pesquisa Clínica (UPECLIN) da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) já recebeu os pacientes para os primeiros testes sobre possíveis tratamentos. A pesquisa que coloca a unidade oficialmente em funcionamento avalia a resposta de voluntários a medicamentos para combater a artrite reumatoide grave.
A pesquisa ocorre durante 28 semanas e conta com financiamento de uma empresa privada. São feitas infusões mensais de medicamentos tanto por via oral como venosa (injeções).

Participam destes experimentos cinco pessoas, que já passavam por tratamento no Hospital das Clínicas/Unesp (HC), todas maiores de 18 anos e que sofrem de artrite de moderada à grave com mais de seis meses de diagnóstico. A coordenação do estudo está sob responsabilidade da UPECLIN.

Segundo a auxiliar de pesquisa Natália Medolago, da UPECLIN, os pacientes passam por diversos exames antes do início da pesquisa e ao final todas as informações são enviadas ao patrocinador. Em todo o Brasil, aproximadamente 300 pessoas participam deste mesmo estudo em centros espalhados pelo país.

Outras 19 análises devem ter início na unidade em breve. Os projetos já resultaram na assinatura de contratos e atualmente são apenas acertados os últimos detalhes. As futuras pesquisas a serem realizadas na UPECLIN são sobre as doenças como: hipertensão arterial, câncer, trombose e hepatite C.


A Unidade de Pesquisa Clínica da FMB tem capacidade para atender, por dia, 100 pacientes em seus consultórios e pode realizar até oito internações diárias. Pesquisadores da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp e HC que tiverem pesquisas em andamento, com financiamento de indústrias, podem transferir as atividades para as instalações da UPECLIN. Não haverá despesas adicionais.

Informações sobre a transferência das pesquisas para a UPECLIN podem ser obtidas através dos ramais 3811- 6574, 6575 ou 6576 ou pelo email: upeclin@fmb.unesp.br, com Ellen (secretária).

Leandro Rocha - Assessoria de Comunicação e Imprensa da FMB e HC/Unesp