julho 01, 2010

Alunos de escola infantil arrecadam e doam agasalhos para creche do Marajoara

Apesar da pouca idade, alunos da escola infantil Colinho da Mamãe, de Botucatu, aprenderam na prática o significado das palavras solidariedade e amor ao próximo. Por meio de uma arrecadação feita entre seus familiares e amigos, as crianças reuniram peças de roupa, sapatos, edredons e agasalhos, com tamanhos desde bebês até adultos e doaram aos 60 alunos da Creche Lar Escola Caminho da Luz, do Parque Marajoara. A entrega foi feita dia 23 de junho à diretora Elizete Comin.

A campanha, entitulada “Um inverno mais quentinho no Colinho” e que é realizada pelo terceiro ano consecutivo, estimulou os alunos desde o berçário até o ensino fundamental a selecionarem as roupas ainda em condições de uso, para entregar às crianças carentes. Foram arrecadadas aproximadamente 1 mil peças. “Além da satisfação de poder ajudar as crianças da creche, nós ainda cultivamos em nossos alunos o valor da solidariedade”, explica Luciara Ricardi, diretora da Escola Infantil Colinho da Mamãe.

Crianças, do berçário ao ensino fundamental, entregaram roupas usadas que conseguiram reunir e também presentearam os alunos com agasalhos de moleton que compraram
Cerca de 80% dos alunos da escola participaram da ação. “A participação das nossas crianças vem crescendo muito nos últimos anos, o que mostra que a campanha tem alcançado credibilidade e reconhecimento. Os pais percebem que as roupas doadas ganham uma destinação adequada”, acrescenta Luciara. Todas as roupas de adultos que foram arrecadadas integraram um bazar organizado pela creche.

Paralelamente a essa iniciativa, a escola também promove a campanha “Amigos do Frio”, através da qual seus alunos compram um agasalho de moleton e dão de presente para as crianças da creche do Marajoara, juntamente com um cartão que leva uma mensagem de amizade e esperança.  Antes, porém, ficam sabendo o nome e o tamanho do coleguinha que irão presentear. Essa colaboração é opcional, mas sempre conta com grande adesão dos pais. Neste ano, todas as crianças da creche foram contempladas.
Por Leandro Rocha