julho 28, 2010

Otávio Augusto diz que novela Tempos Modernos foi "Acidente de percurso"

O ator Otávio Augusto foi homenageado em sua cidade natal, São Manuel, no Cine Teatro “Alberto Pampado”,  pelo grupo teatral Aldo Marini, que apresentou um espetáculo para público especialmente convidado.

O ator que nasceu em 30 de janeiro de 1945, filho de Mário e Nair, é apontado pela crítica especializada como um dos mais importantes atores brasileiros, tendo participado de mais de 50 filmes e cerca de 30 novelas.

A última novela que contou com a participação do artista em seu casting foi a “Tempos Modernos”, em 2010, transmitida no horário das 19 horas, pela Rede Globo de Televisão. A produção recebeu críticas negativas, por não conseguir alavancar audiência. “A novela cometeu erros. O principal deles foi o não ter uma boa história. A trama não andou e, quando isso acontece o público não tem muito o que acompanhar e as coisas ficam  complicadas. Não foi um momento de sucesso. Mas tudo bem, faz parte da profissão; tem hora que acertamos e  outras que erramos. Apesar de tudo isso, o saldo foi positivo. A trama teve um grande elenco e vários trabalhos individuais. Acredito que não altera a carreira de ninguém. Considero um acidente de percurso”, disse em entrevista ao jornalista Marcelo Pascotto, do Diário da Serra.

Com relação à homenagem,  que receberá em São Manuel, Augusto se diz surpreso e afirma que foi à sua terra natal apenas para visitar os amigos e prestigiar o espetáculo de um amigo de infância.  “Nasci em São Manuel e venho para a Cidade anualmente. Conheço o Arnaldo Santa Lúcia desde a infância e ele me convidou para assistir seu espetáculo. Não sei da homenagem; se isso for verdade, estou sabendo agora”, disse.

O próximo trabalho do artista será da novela “Araguaia”, trama escrita por Walter Serrão e que será apresentada no horário das 18 horas, na Rede Globo de Televisão. “Estou com capítulos em mãos, e no momento preparo e estudo o personagem. Farei um padre que não usa batina e que conviveu com pessoas da guerrilha do Araguaia. Ao mesmo tempo cuida de um orfanato de crianças, acho que será um personagem muito gostoso e humano”, coloca.