novembro 27, 2010

Secretaria de Saúde de São Paulo realiza mutirão para testagem de HIV/aids

Como parte das ações em comemoração ao Dia Mundial de Luta contra a Aids 2010 (1º de dezembro), a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo promove mutirão para teste rápido de HIV/aids. A campanha “Fique Sabendo” pretende realizar 120 mil exames, em todo o estado, até o dia 1º de dezembro. O teste é gratuito, voluntário e sigiloso. Informações sobre onde fazer o teste podem ser obtidas pelo Disque DST/Aids – 0800 16 2550 ou no site www.crt.saude.sp.gov.br.

Campanha estadual do Fique Sabendo quer realizar 120 mil exames até 1º de dezembro

Diagnosticar o HIV/aids precocemente ajuda na melhoria da qualidade e expectativa de vida da pessoa que vive com o vírus, além de proporcionar melhores condições para o sucesso do tratamento. “É fundamental que as pessoas com vida sexual ativa façam o teste para descobrirem se são ou não portadoras do HIV e, em caso de positividade, iniciarem imediatamente o tratamento”, afirma Maria Clara Gianna, coordenadora do Programa Estadual de DST/Aids de São Paulo.


Mais de 460 municípios aderiram à campanha, em um total de 3,5 mil unidades de saúde. Ao todo foram mobilizados para a ação cerca de 40 mil profissionais de saúde de diferentes áreas, entre enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e técnicos de laboratório.

Em alguns municípios também haverá atividades de testagem fora dos serviços de saúde ou em unidades que irão funcionar em horários alternativos, visando expandir o acesso ao exame anti-HIV pela população. Além de oferecer testagem à população mais vulnerável à infecção – homens que fazem sexo com homens (HSH), usuários de drogas injetáveis (UDI), travestis e transexuais –, a campanha também pretende incentivar pessoas que nunca realizaram o teste a conhecerem o seu status sorológico, independentemente da sexualidade.