dezembro 12, 2010

Botucatu: começa a preparação do carnaval de 2011

Blocos ainda podem se inscrever para o Carnaval

O Carnaval de rua de Botucatu promete muitas novidades, com o esforço da recém instituída Liesb - Liga das Escolas de Samba de Botucatu, e participação ativa da Subsecretaria Municipal de Turismo.
Como resultado de inúmeras reuniões, serão dois dias de desfiles na Rua Amando de Barros. Porém, a quantidade de blocos reduziu drasticamente, pois o evento que antes contava com até 20 grupos, só tem cinco inscritos.

Os blocos Amigos da “Vila Pinheiro” e “AAF (Associação atlética Ferroviária)”, desfilam na Rua amando de Barros. Os blocos “Unidos da Mina”, no bairro da Mina, e o “Vai Quem Quer” e “Cata Loco”, no Rio Bonito.

Poucos blocos e muitas escolas

Apesar da redução na quantidade de blocos, a Liesb comemora a adesão de escolas de sambas. Para 2011, a promessa é de que pelo menos cinco escolas desçam a Rua Amando de Barros: Unidos da Demétria, Estopim da Fiél, Gente Unida da Vila Maria, Águia Imperial e Combinados do Santa Elisa. “Acreditamos que a união de tantos esforços irá resultar em um carnaval inesquecível”, diz Luciana Alho, da Subsecretaria de Turismo.




Liesb estuda a formação do júri

Um dos problemas que a Liesb está enfrentando é com relação a formação do Júri, para definir os vencedores do carnaval de 2011. O presidente da Liesb, Paulo Marcelo Sanches Garcia, o Vavá, explica que já entrou em contato com a liga das escolas de São Paulo em busca de alguns nomes célebres para compor o júri, entretanto, restrições financeiras poderão manter a composição entre carnavalescos e músicos botucatuenses.

Vila Maria não entra na folia para perder

O presidente da escola de Samba Unidos da Vila Maria, Jairo Luiz de Andrade, o Jairinho, antecipa que não vai entrar na avenida para perder. Ele pretende reunir nos desfiles, as principais personalidades da velha guarda de Botucatu. “Estamos trabalhando desde março, e não vamos para a avenida pensando em derrota, Queremos ganhar novamente”, diz. Os ensaios da escola começam em janeiro, na Praça do Curió.

Trabalho intenso e fantasias primorosas

O prêmio conquistado pela Escola de Samba da Vila Maria, foi aplicado na compra de material para a confecção de fantasias. O trabalho de desenvolvimento das roupas será assinado por Florêncio Bernardo Filho, o popular Flor Cabeleireiro. “Tenho me dedicado bastante nesse trabalho e acredito que realmente poderemos vencer novamente”, comenta.
O Carnaval do próximo ano acontece entre os dias 4 e 8 de março.