maio 02, 2011

Monumento botucatuense em praça de Caruaru

O escultor Pedro César estava correndo contra o tempo no dia de ontem para finalizar a estátua de Joaquim Mudo, que será instalada em uma das praças principais da cidade de Caruaru.

A estátua pesa mais de 150 quilos e marca um trabalho que durou mais de sessenta dias para ser finalizado.

“É uma tarefa árdua e difícil, mas que dá uma satisfação muito grande quando vemos pronta e em pé, prestes para ser apreciada pela população de uma localidade tão distante”, coloca.

A obra foi encomendada pelo próprio filho de Joaquim Mudo, que mora em Congonhas dos Campos.

“Eles tomaram conhecimento de meu trabalho através do Google”, explica o escultor.

Pedro César assina diversos monumentos da Cidade, entre eles a estátua de Raul Torres, na Praça do Bosque; Capitão José Gomes Pinheiro, na Praça das Bandeiras; Negro se Libertando, na Praça dos Abolicionistas e do Doutor Montenegro, na Unesp de Botucatu.




Escultor foi destaque no Fantástico

Recentemente, o trabalho do escultor ganhou destaque nacional, na matéria que mostrou a fragilidade da segurança nos aeroportos do País. César fez a réplica de um fuzil , que circulou livremente como bagagem de mão. Outro projeto significativo do artista é o Museu do Folclore, que está em fase de captação de recursos para a sua construção em uma carreta, que circulará pelo Brasil.