maio 02, 2011

Ipem e Procon fiscalizam produtos mais comercializados para o Dia das Mães

Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP) e Fundação Procon-SP, órgãos vinculados à Secretaria de Justiça, atuaram juntos na Operação Sempre Bela, que fiscalizou 90 lotes de produtos cosméticos, de higiene e têxteis, já coletados em importadoras e lojas especializadas. A ação aconteceu nesta segunda-feira, 2.

Os produtos foram examinados nos oito laboratórios do Ipem nas cidades de Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos, São José do Rio Preto e capital para verificar se o conteúdo dos itens cosméticos e de higiene, como produtos destinados ao corpo, mãos, face, perfumes, maquiagem, dentre outros, é o mesmo que o indicado na embalagem. Em relação aos produtos têxteis, os fiscais checaram as medidas de toalhas de mesa e banho, panos de prato, lençóis sem elástico, fronhas, mantas, etc.


Nos laboratórios da capital, Presidente Prudente e São José dos Campos, técnicos do Procon fizeram exames para verificar também se a qualidade da informação prestada pelos fornecedores ao consumidor na embalagem dos produtos está correta e adequada. Neste caso, as empresas podem ser autuadas e responder a processo administrativo.

No caso de o Ipem-SP encontrar irregularidades, a empresa é autuada e tem 10 dias para apresentar a defesa ao instituto. A multa varia de R$ 100 a R$ 50 mil, dobrando na reincidência. Se o comerciante não apresentou nota fiscal do produto, ele assume total responsabilidade sobre possíveis erros.

O superintendente do instituto, Fabiano Marques de Paula, comentou o motivo da operação. "Ipem e Procon estão unidos nessa ação especial para garantir que os presentes de Dia das Mães estejam corretos tanto em relação à informação quanto à quantidade de produto. Ao final, divulgamos o resultado das empresas irregulares para que o consumidor fique atento e possa fazer suas compras com mais tranqüilidade".

Representantes das empresas fiscalizadas foram previamente convidados a presenciar a análise. A imprensa também pôde acompanhar o trabalho nos laboratórios da capital e do interior.



Confira os itens que foram analisados nos laboratórios do Ipem-SP

Presidente Prudente: Produtos para tratamento dos pés e têxteis.
Rua Coronel Albino, 550 - Jd. Aviação - F. (18) 3222.9275.
Responsável: Thirso Aparecido Marconi

São Paulo: Perfumes, colônias e produtos têxteis.
Rua Muriaé, 154 - Alto do Ipiranga - F. (11) 3581-2453 // 2449 //2454.
Responsável: Neusa Santos

São José dos Campos: Produtos para tratamento dos cabelos (exceto tintas e colorantes) e têxteis.
Avenida Olivo Gomes, 100 -Santana - F. (12) 3921.5628
Responsável: Flávio Dutra

Bauru: Produtos destinados à área da face e têxteis.
Rua Itapura, 10 -25 - Jardim Marambá - F. (14) 3203.1044.
Responsável: Gustavo Pinheiro Sanchez

Campinas: Produtos destinados ao corpo e têxteis.
Avenida das Amoreiras, 163 - Vila Rialto - F. (19) 3272.9720.
Responsável: Cleudimar Fonseca do Amaral

Ribeirão Preto: Tintura para cabelo e produtos têxteis.
Avenida Maurilio Biagi, 2.940 - City Ribeirão - F. (16) 3916.3000.
Responsável: Luiz Eduardo Galdeano

São Carlos: Produtos para tratamentos das mãos e têxteis.
Rua Raimundo Corrêa, 1.229 - Vila Marcelino - F (16) 3368.1406
Responsável: Ricardo Leite.

São José do Rio Preto: Maquiagem e têxteis.
Rua Uber Folchine, 501 - Mini Distrito - Campo Verde - F. (17) 3218.3022
Responsável: César Pereira de Menezes

Em caso de dúvidas, reclamações ou denúncias, o consumidor pode recorrer ao serviço da Ouvidoria do Ipem pelo telefone 0800 0130522 de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para: ouvidor-ipem@ipem.sp.gov.br.

No site www.ipem.sp.gov.br, além de informações sobre toda a legislação metrológica e da qualidade vigentes no país, estatísticas de fiscalização, orientações ao cidadão e empresários, o interessado pode levantar detalhes das ações diárias do instituto.

Do Ipem-SP